APARECEM TRÊS ANJOS A ABRAÃO

1- Abraão morava perto dos carvalhos de Manre. Um dia o Senhor apareceu a ele. Na hora mais quente do dia, Abraão estava sentado junto à entrada da sua tenda. 2- De repente Abraão viu três homens em pé, perto dele. Quando os viu, correu ao encontro deles e prostrou-se.

3- “Meu Senhor”, disse Abraão, “se sou digno, tenha a bondade de ficar aqui e descansar um pouco. 4- Mandarei trazer água para lavarem os seus pés e assim poderão descansar debaixo desta árvore. 5- Vou preparar uma refeição, para que ganhem novas forças e prossigam a viagem”. “Esta bem”, disseram eles, “faça como você disse”.

6- Abraão correu à tenda e disse a Sara: “Depressa, pegue três medidas da nossa melhor farinha, amasse-a e faça uns pães”.

7- Depois ele mesmo correu ao pasto, escolheu um belo novilho e mandou um servo preparar a carne. 8- Colocou diante deles então a coalhada, o leite e o novilho que tinha mandado preparar. Ele permaneceu ali debaixo da árvore, fazendo companhia a eles enquanto comiam.

9- “Onde está Sara, sua mulher?”, perguntaram eles. “Ela está ali na tenda”, respondeu Abraão. 10- Um deles disse: “Daqui a um ano voltarei a visitar vocês, e Sara, sua mulher, terá um filho”. Sara estava na entrada da tenda, atrás dele, e escutou o que disse. 11- Abraão e Sara eram muito velhos, de idade bem avançada, e as condições físicas de Sara já não permitiam que ela tivesse filhos. 12- Por isso, Sara riu por dentro, pensando: “Depois de velha e o meu senhor também velho, ainda terei esse prazer?”

13- Mas o Senhor disse a Abraão: “Por que Sara riu e disse consigo mesma: ‘Será que é verdade que poderei dar à luz, sendo velha?’ 14- Por acaso existe alguma coisa difícil demais para o Senhor?” E disse mais: “No ano que vem voltarei a você, e Sara terá um filho”.

15- Ao ouvir isso, Sara ficou com medo. Ela mentiu, dizendo: “Eu não estava rindo”. Mas o Senhor disse a ela: “Não diga isso. Você bem sabe que riu”.

16- Em seguida levantaram-se e tomaram a direção de Sodoma. Abraão foi com eles até certa distância.

DEUS ANUNCIA A DESTRUIÇÃO DE SODOMA E GOMORRA

17- “Será que vou esconder o meu plano de Abraão?”, perguntou o Senhor. 18- “Abraão será o pai de uma grande nação. Além disso, ele vai ser instrumento de benção para todas as nações da terra! 19- Pois eu o escolhi para que ordene a seus filhos e descendentes que o sigam, a fim de guardar o caminho do Senhor, fazendo o que é justo e bom, para que eu faça por Abraão tudo o que lhe prometi”.

20- Disse mais o Senhor: “Chegaram até mim as acusações contra Sodoma e Gomorra. A queixa contra o pecado daquelas cidades é tão grave, 21- que descerei até lá para ver se as acusações são de fato verdadeiras ou não”.

22- Dois daqueles homens foram para Sodoma, mas o Senhor ficou mais um pouco com Abraão.

ABRAÃO INTERCEDE COM DEUS PELOS HOMENS

23- Abraão aproximou-se dele, e disse: “O Senhor seria capaz de matar os bons juntamente com os maus? 24- Se houver na cidade, digamos, cinquenta pessoas justas, o Senhor destruiria a cidade? Não pouparia o povo por amor daqueles cinquenta cidadãos bons? 25- Não seria justo! Certamente o Senhor não fará uma coisa dessas: matar os que o amam junto com os que o desprezam. Fazendo assim, estaria igualando os justos com os injustos, os bons com os maus! Claro que não faria isto! Não é justo o juiz de toda a terra?

26- O Senhor respondeu: “Se eu achar cinquenta justos em Sodoma, não destruirei a cidade, por amor a eles”.

27- Abraão voltou a falar: “Sei que sou pó e cinza. 28- Mas comecei a falar ao Senhor e devo continuar. E na hipótese de faltarem cinco para completarem os cinquenta justos? Por causa desses cinco que faltaram, o Senhor destruiria a cidade?” Deus disse: “Não destruirei a cidade, se achar nela quarenta e cinco justos”.

29- Abraão falou de novo: “E se achar ali quarenta justos?” O Senhor respondeu: “A cidade não será destruída, por causa dos quarenta”.

30- Abraão insistiu: “Peço que tenha paciência, Senhor. Se forem trinta os justos?” O Senhor respondeu: “Se encontrar trinta, não a destruirei”.

31- Abraão prosseguiu: “Sei que estou sendo ousado, mas, por favor: E se apenas vinte justos forem encontrados ali?” O Senhor respondeu: “Não destruirei a cidade, por amor aos vinte”

32- Disse, por fim, Abraão: “Não fique irado, Senhor, se lhe falar só mais uma vez. E se forem encontrados apenas dez justos?” O Senhor respondeu: “Não destruirei a cidade por amor aos dez”.

33- Quando acabou de falar com Abraão, o Senhor se retirou. E Abraão foi para casa.

REFLEXÃO E APRENDIZAGEM

No título lemos assim “Aparecem três anjos a Abraão” e que um destes Anjos era o próprio Deus em forma humana, a grande dúvida de muitos neste texto é justamente no livro de Êxodo 33:20, onde vamos estudar futuramente, e lá diz assim: “E acrescentou: “Mas você não poderá ver a minha face, porque nenhum homem poderá continuar vivo depois de me ver” (Ex 33:20). Mas Abraão falou com Deus? Há contradição na bíblia? Não! O nome disso é “Teofania” (É a possibilidade de o homem comunicar-se com Deus de forma humana), ou seja, este termo é usado para indicar a aparição do próprio Deus, de maneira que o homem possa suportar olhar. Deus esteve presente através da Teofania falando face a face com o homem, agora imaginem só o tamanho do seu esplendor (Brilho), para ninguém conseguir viver se olhar para Ele sem o processo da Teofania?

Notamos que Abraão sem conhecer aqueles homens, os convidou para se hospedarem, não estranhe, esta era uma prática muito comum na cultura dos povos do oriente, ao contrário dos dias de hoje e principalmente em nossa cultura.

Sara ao ouvir que geraria um filho, zombou, debochou como muitos nos dias de hoje quando ouvem uma pregação ou testemunho, não creem e com ela não foi diferente. Mas logo vemos que na sua humana falta de fé ela olhou para suas limitações e de seu esposo. E quantas vezes nós também agimos assim? Quando olhamos para um lado e para o outro e não vemos solução, não vemos saída, não vemos condição em nossa limitada visão humana! – Neste momento em que Sara caçoou da promessa de Deus, percebemos que Deus conhece até NOSSOS PENSAMENTOS, ela estava dentro da tenda e ao ser questionada da sua atitude, ela tentou mentir, mas a Deus ninguém engana, ninguém confunde. Hoje muitos até tentam fazer as coisas por debaixo dos panos, pensando que ninguém está vendo, MAS DE TODO PODEROSO NINGUÉM SE ESCONDE E NEM MENTE! E Naquele dia (Julgamento Final), todos os seus atos, serão analisados por Deus.

Na condição de Sara e Abraão mesmo estando em idade avançada, Deus deixou claro que nada é difícil para Ele, E QUE O QUE TÁ VELHO E CANSADO ELE FAZ FICAR NOVO E ENCHE DE VIGOR! – No versículo 5, Abraão diz: “Vou preparar uma refeição, para que ganhem novas forças e prossigam a viagem”. Abraão ao servir a Deus, foi quem recebeu a benção, ele e a esposa foram quem ganharam forças (Vitalidade) para prosseguir a caminhada diante da promessa que Deus lhes tinha feito, afinal eles seriam pais com quase cem anos de idade. Então olhando para o versículo 14, te pergunto: “Por acaso existe alguma coisa difícil demais para o Senhor?” – ENCHA-SE TAMBÉM DE VIGOR, DE VITALIDADE, É HORA DE RENOVAR SUAS FORÇAS E CONTINUAR A SUA VIAGEM, SERVINDO A DEUS, ELE TE AJUDARÁ E TE DARÁ BOM ÂNIMO!

Quando Deus anunciou a destruição de Sodoma e Gomorra, Ele não quis esconder de Abraão, pois Deus em sua sabedoria infinita tinha conhecimento de que Abraão intercederia pelos homens (Interceder é você fazer uma mediação, se colocar no lugar do outro, defender – JESUS É NOSSO MEDIADOR E ÚNICO INTERCESSOR!), mesmo se tratando de pessoas ímpias, Deus aceitou a intercessão de Abraão, vejam, como a oração de um justo pode muito em seus efeitos. Ali Abraão falou de muitos, mas em seu coração estava um em especial, seu sobrinho Ló que morava em Sodoma, veremos isto no próximo capítulo. Deus com o objetivo de destruir Sodoma e Gomorra nos faz refletir que o mal Ele corta pela raiz, pois Ele frisa claramente no versículo 18, seus planos para uma nova descendência na terra e para que estes venham á segui-lo guardando o caminho do Senhor, fazendo o que é justo e bom…e que esta destruição viesse a servir de exemplo para os filhos de Abraão, e assim este não viessem a andar pelos caminhos maus de Sodoma e Gomorra. Nossos caminhos devem estar firmados no Senhor e não em Sodoma e Gomorra (Mundo Perdido) e pais nunca se esqueçam de anunciar o caminho do Senhor para seus filhos, assim como o próprio Deus instruiu a Abraão!

Deus abençoe a todos vós!

  • Se você gostou, ajude a divulgar nossa página curtindo e compartilhando no Facebook:Metamorfose Cristã
Anúncios