ABRAÃO MANDA SEU SERVO BUSCAR UMA MULHER PARA ISAQUE

Decidi dividir este capítulo em três partes para não ficar bagunçado a sua mente. Não desanimem, pois esta passagem é linda onde Deus abençoou o servo de Abraão em sua missão! Qual foi, você lembra? Vamos relembrar então. Lembre-se, os ensinamentos Bíblicos são as leis de Deus, o todo poderoso.

PARTE 1/3 (Os Povos de Canaã: Cananeus)

(1) Abraão já era um homem muito idoso. E o Senhor o tinha abençoado em tudo. (2) Um dia Abraão falou ao servo mais antigo de sua casa, que tomava conta de tudo:

“Coloque a mão debaixo da minha coxa (3) e jure pelo Senhor, o Deus do céu e da terra, que não deixará o meu filho casar com uma moça dos cananeus (descendentes de Cam), entre os quais vivemos. (4) Prometa que irá à minha terra natal, escolher uma mulher para Isaque entre os meus parentes de lá”.
(5) “Mas e se a moça que eu escolher não quiser vir comigo para esta terra?” perguntou-lhe o servo. “Devo então levar o seu filho de volta à terra de onde o senhor veio?”

(6) “Cuidado!”, disse Abraão. “Não permita que meu filho volte para lá.”

(7) “O Senhor, o Deus do céu, que me mandou sair da casa do meu pai e da minha terra natal, e jurou dar esta terra aos meus descendentes, enviará o seu anjo adiante de você. Ele providenciará que você encontre ali uma jovem para ser a mulher do meu filho. (8) Se a mulher não quiser vir, você estará livre do seu juramento. Mas não leve o meu filho para lá.”

(9) Então o servo pôs a mão debaixo da coxa de Abraão, seu senhor, e jurou cumprir as ordens de Abraão.


Observação:
O gesto de colocar a mão debaixo da coxa era uma forma de fazer um juramento solene(respeitosa).


OS POVOS DE CANAÃ

Quem são os cananeus afinal que Abraão tanto nega serem seus descendentes?
Podemos dizer que são todos os povos não-israelitas que habitavam na terra de Canaã. Eles são descendentes de Cam (ou Cão, Cã). Lembram de Canaã o filho mais novo de Cam, neto de Noé?

Quando aconteceu o incidente da embriaguez de Noé, Canaã agravou a situação chamando Sem, e Jafé para verem a núdez de Noé. Mas, Sem e Jafé desviando-se os rostos e andando de costas, cobriram a nudez de seu pai com uma capa sobre seus próprios ombros sem que a vissem(Gn 9:23) .

Ao saber do ocorrido no dia seguinte, Canaã ficou sobre maldição profética de Noé, que predizia que Canaã se tornaria escravo tanto de Sem como de Jafé (Gênesis 9:20-27) . Cam teve outros 3 filhos além de Canaã( Cuxe, Misraím e Pute), porém a maldição foi para Canaã e seus descendentes, isto é, os cananeus da palestina.

Na maioria dos casos em que a Bíblia fala de se descobrir a nudez ou de ver a nudez de outrem, quer-se dizer incesto ou outros pecados sexuais (Levítico 18:6-19, 20:17,19-23)
“Porém, das cidades destas nações, que o Senhor, teu Deus, te dá em herança, nenhuma coisa que tem fôlego deixarás com vida. Antes, destrui-las-ás totalmente: aos heteus, e aos amorreus, e aos cananeus, e aos fereseus, e aos heveus, e aos jebuseus, como te ordenou o Senhor, teu Deus” (Dt 20.16,17; cf. Nm 33.51-53).

A terra de Canaã estava ficando como Sodoma e Gomorra cheios de praticantes de idolatria, imoralidade, derramamento de sangue e excesso de depravações sexuais. A região cananéia era a terra prometida aos descendentes de Abraão através de uma aliança feita por Deus com Abraão.

“À tua descendência dei esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio Eufrates: o queneu, o quenezeu, o cadmoneu, o heteu, o ferezeu, os refains, o amorreu, o cananeu, o girgaseu e o jebuseu.” Gênesis 15:18-21

PARTE 2/3 (A Fé e a missão bem-sucedida)

(10) O servo escolheu dez camelos de Abraão, levando consigo do que o seu senhor tinha de melhor e viajou para a Mesopotâmia, para a cidade de Naor. (11) Ao cair da tarde quando as moças saem para tirar água, fez os camelos se ajoelharem próximo de um poço de água. (12) E orou em silêncio:

“Ó Senhor, Deus do meu senho Abraão, dá-me bom êxito neste dia e mostre bondade para com o meu senhor Abraão! (13) O Senhor vê que estou perto desta fonte. As moças desta cidade estão vindo tirar água. (14) Vou pedir a uma delas: ‘Por favor, incline o seu cântaro para que eu beba água’, e se ela responder: ‘Beba. Também darei água aos seus camelos’, que seja essa a moça que o Senhor escolheu para o seu servo Isaque. Assim saberei que o Senhor foi bondoso para com o meu senhor”.

O ENCONTRO DE REBECA

(15) Antes de terminar a oração, chegou Rebeca, filha de Betuel, filho de Milca, mulher de Naor, irmão de Abraão, levando um cântaro no ombro.
(16) A moça era muito bonita e virgem, isto é, nenhum homem tinha tido relações com ela. Ela desceu à fonte, encheu o cântaro de água e subiu.

O SINAL PEDIDO FOI OUVIDO POR DEUS

(17) O servo de Abraão foi ao encontro dela e disse: “Dê-me um pouco da água do seu cântaro para beber”. (18) “Pois não, senhor”, disse ela, e tirou imediatamente o cântaro do ombro e lhe deu de beber.
(19) Depois de lhe dar de beber, disse: “Vou tirar água para os seus camelos também, até ficarem satisfeitos”.
(20) Ela prontamente despejou a água do cântaro no bebedouro e correu de volta ao poço para tirar mais água. E repetiu isso até que todos os camelos tivessem saciado sua sede.

(21) Enquanto isso o homem observava em silêncio atentamente para saber se o Senhor já tinha coroado de êxito a sua missão ou não.
(22) Quando os camelos acabaram de beber o homem lhe deu uma argola de ouro de seis gramas e duas pulseiras de ouro pesando cerca de cento e vinte gramas, e perguntou:

“Quem é o seu pai para receber a mim e aos que me acompanham?”
(24) Ela respondeu: “Sou filha de Betuel, filho que Milca deu a Naor”. (25) E acrescentou:
“Temos palha e muito pasto para os animais, e lugar para os hóspedes passarem a noite”.

(26) Então o homem se curvou e adorou ao Senhor, (27) dizendo: “Bendito seja o Senhor o Deus do meu senhor Abraão, pois não negou a sua bondade e a sua fidelidade ao meu senhor. Quanto a mim, o Senhor guiou-me à casa dos parentes do meu senhor”.

PARTE 3/3 (Missão cumprida conforme a promessa)

(28) A jovem correu para casa e contou à família da sua mãe tudo que tinha acontecido. (29) Rebeca tinha um irmão chamado Labão. Ele saiu apressado à fonte onde estava o homem, (30) pois tinha visto a argola e as pulseiras nos braços de sua irmã, e tinha ouvido de Rebeca o que o homem lhe tinha contado.

Labão foi encontrá-lo em pé, junto à fonte, ao lado dos camelos. (31) Disse Labão: “Venha comigo abençoado do Senhor! Por que ficar aí fora? Temos alojamento para você e seus homens, e um lugar para os camelos”. (32) Então o homem foi com ele para casa. Lá descarregaram os camelos e lhes deram forragem e pasto, e água ao homem e aos ajudantes dele, para lavarem os pés, (33) Quando serviram a comida, o homem disse:

“Não posso comer, enquanto não disser o propósito da minha vinda”.
Disse Labão: “Está certo. Conte o motivo da sua viagem”.
(34) Então ele disse: “Sou servo de Abraão. (35) O Senhor tem abençoado muito ao meu senhor, e ele se tornou um grande homem; Deus deu a ele ovelhas e bois, prata e ouro, servos e servas, camelos e jumentos.

(36) Sara, a mulher do meu senhor era muito idosa quando deu um filho a ele, que é o herdeiro de tudo que ele possui.
(37) E meu senhor me fez jurar, dizendo: ‘Jure pelo Senhor, o Deus do céu e da terra, que não deixará o meu filho casar com uma moça dos cananeus, entre os quais vivemos, (38) mas você irá à casa de meu pai, e da minha família, procurar uma esposa para o meu filho’.

(39) “Então perguntei ao meu senhor: ‘E se a moça não quiser vir comigo?’ (40) “Ele respondeu: ‘O Senhor, em cuja presença tenho andado, enviará um anjo com você e você terá sucesso na sua missão, para que você encontre uma esposa para Isaque entre os meus parentes, da família do meu pai. (41) Quando chegar até a minha família, você estará livre do juramento se eles se negarem a entragá-la a você’.

SERVO DE ABRAÃO E SUA MISSÃO CUMPRIDA

(42) Hoje, quando cheguei à fonte, orei ao Senhor: ‘Ó Senhor Deus do meu senhor Abraão, dê-me bom êxito nesta missão. (43) Aqui estou perto desta fonte; se uma jovem vier tirar água e eu lhe disser: “Por favor, dê-me um pouco da água do seu cãntaro”, (44) e, se ela me responder: “Beba. Também darei água aos seus camelos”, seja essa a moça que o Senhor escolheu para o filho do meu senhor’.
(45) “Enquanto eu estava orando no meu íntimo, chegou Rebeca com seu cântaro no ombro. Ela desceu à fonte e tirou água, e eu lhe disse: ‘Por favor, dê-me um pouco de água para beber’.

(46) “Ela imediatamente tirou o cântaro do seu ombro e disse: ‘Beba. Também darei água aos seus camelos’. Eu bebi, e ela deu água de beber aos meus camelos.
(47) “Então perguntei a ela: ‘Quem é o seu pai? Ela me respondeu: ‘Sou filha de Betuel, filho de Naor e de Milca’.
Então coloquei a argola em seu nariz e as pulseiras em seus braços, (48) e me inclinei; adorei o bendisse ao Senhor, o Deus do meu senhor Abraão, que me guiou na direção certa para levar para o filho do meu senhor uma parenta do seu irmão.

(49) Agora, digam-me se mostrarão fidelidade e bondade ao meu senhor; e, se não, digam-me também, para que eu saiba o que fazer e para onde ir”.
(50) Então, responderam Labão e Betuel: “Sem dúvida foi o Senhor que conduziu você até aqui. Sendo assim, nada podemos dizer, nem a favor nem contra. (51) Aqui está Rebeca; pode levá-la. Que ela se torne a esposa do filho do seu senhor, conforme disse o Senhor”.

(52) Ouvindo essas palavras, o servo de Abraão prostou-se no chão diante do Senhor. (53) Depois deu joias de ouro e de prata e vestidos a Rebeca; deu também ricos presentes ao seu irmão e à sua mãe. (54) Então ele e os seus ajudantes comeram e beberam, e passaram a noite ali.

Ao se levantarem bem cedo na manhã seguinte, o servo de Abraão disse: “Deixem-me voltar ao meu senhor”. (55) Mas o irmão e a mãe da moça disseram: “Queremos que ela fique mais uns dez dias conosco; depois ela irá com você”.

(56) Mas o homem insistiu: “Não me detenham, por favor! O senhor permitiu que eu tivesse sucesso na minha missão. Deixem que eu volte ao meu senhor”. (57) Então lhe disseram: “Vamos chamar a moça e ver o que ela tem a dizer”.

REBECA CONSENTE EM CASAR COM ISAQUE

(58) Chamaram Rebeca e perguntaram a ela: “Você deseja ir com este homem?”
Ela respondeu: “Sim, eu vou com ele”. (59) Despediram-se, então, de sua irmã Rebeca, de sua mãe, do servo de Abraão e dos seus ajudantes. (60) Abençoaram a Rebeca, dizendo: “Que você, nossa irmã, seja a mãe de milhões! E que os seus descendentes conquistem as cidades dos seus inimigos”.

O ENCONTRO DE REBECA E ISAQUE

(61) Então Rebeca e suas servas se aprontaram, montaram nos camelos e foram embora com o servo de Abraão.
(62) Isaque estava voltando pelo caminho de Beer-Laai-Roi, pois morava no Neguebe. (63) Ele tinha saído para meditar no campo ao cair da tarde, quando viu que se aproximavam camelos. (64) Rebeca também viu Isaque, desceu do camelo (65) e perguntou ao servo: “Quem é aquele homem que vem pelo campo ao nosso encontro?”
“É o meu senhor”, respondeu o servo. Então ela tomou o véu e cobriu-se.
(66) Depois o servo contou a Isaque tudo o que tinha feito. (67) Isaque levou a moça para a tenda de sua mãe Sara, e Rebeca tornou-se a sua mulher, e ele a amou; assim Isaque foi consolado após a morte de sua mãe.

REFLEXÃO ESPIRITUAL:

Este é um lindo ensinamento de que a paciência e a fé caminham juntos de Deus. Há quanto tempo que você espera no Senhor? Tantas lutas, tanta tristezas, tanta insegurança, parece que não vai ter fim! Mas mesmo assim você ainda esta caminhando na graça com fé e paciência de que um dia vai erguer a bandeira da vitória?

A hora certa só à Deus pertence, a sua luta diária com o malígno mostra o quanto és fiel à Deus. Se esta difícil, não desista, pois vale a pena lutar pela vida eterna nos céus. Se a guerra fosse fácil não se chamava “guerra” onde se vê sangue, pessoas chorando por não aguentar mais, pessoas mortas, pessoas que reencontram suas famílias após lutar e voltam para casa vivos e é recebidos por todos seus IRMÃOS cheios de amor.

A luta para ir ao céu é o mesmo caminho. Machucamos, lutamos, muitos desistem na metade da luta, mas sempre tem alguém que te ajuda manter vivo até o final = JESUS! Muitas vezes há guerras prolongadas por algum motivo. Mas pense comigo, a guerra não é eterna, sempre há um fim = Quando todo o inimigo é derrotado = DEUS DESTRÓI TODOS ELES POR AMOR A SUA ALMA, por tanto lute irmãos, DEUS É CONTIGO!

“Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados” Mateus 5:4

Deus abençoe a todos vós!

  • Se você gostou, ajude a divulgar nossa página curtindo e compartilhando no Facebook:Metamorfose Cristã
Anúncios