Umas das transformações que conhecemos bem é a metamorfose (transformação) da lagarta quando vira borboleta, mas o que nós cristãos, temos em comum com a lagarta e a borboleta?

A TRANSFORMAÇÃO DE UM CRISTÃO!

A palavra Metamorfose vem (do grego metamórphosis e significa MUDANÇA), esta mudança é na forma e na estrutura do corpo (tecidos, órgãos), a transformação acontece em quatro fases: O ovo, a larva (lagarta – fase jovem), a crisálida ou pupa (Casulo) e borboleta (fase adulta). Quando estão em uma crisália (casulo) dentro dele ela transforma-se em pupa, esta é a fase intermediária entre a larva e o estado adulto, ou seja, nasce de uma forma e morre de outra. A borboleta passa por apenas uma fase até se transformar em borboleta, já o cristão passa por muitas fases. Vamos meditar nisso?

A pupa e até mesmo a larva, não têm uma aparência agradável. O corpo é semelhante a uma minhoca, sem cor, sem definições externas. Não há beleza em uma larva! Em nada ela se assemelha ao que vemos voando de flor em flor, com tanta beleza. Mas até chegar ao clímax em que a linda borboleta sai voando, o processo pelo qual ela passa é doloroso. Nós vemos apenas o estado, a forma em que elas estão hoje e acabamos nos esquecendo que, para estar onde estão e como estão, estiveram sozinha sofrendo esta metamorfose. Por cerca de seis meses a lagarta sofre em um lugar apertado (a maioria delas não tem como se mexer nem para se livrar dos predadores naturais), não se alimenta e toda esta transformação é bem dolorida. O casulo não é um lugar agradável para nenhuma espécie que passa pelo processo metamórfico.

E isso também acontece conosco, Jesus nos transforma completamente, apaga um passado cheio de falhas, pecados e “sujeiras” e escreve uma nova história de vida para nós, uma história de paz! Aquele que era “lagarta” passa a ser “borboleta”. E não é fácil suportar toda essa transformação, pois tudo aquilo que envolve mudanças, dói. Não é fácil para a lagarta ficar dias presa no casulo escuro e apertado, sem poder ver a luz e as cores. Mas, vale a pena esperar esse tempo e ser transformada em uma criatura deslumbrante. Cristo transforma nossas vidas, a partir do momento que nos rendemos completamente a Ele. Mas muitas vezes Deus quer nos transformar e nos usar, mas muitos resistem a essa transformação, porque dói, isso envolve a morte do seu “eu”, das suas vontades e principalmente dos prazeres carnais. Está mudança física e moral, exige renúncias, de atitudes, de posturas, de pensamentos, que durante anos foram cultivados e construídos pelo nosso velho homem, e não será de repente que tudo vai mudar! Dói, dói demais! Muitas vezes parece que não vamos conseguir! Porém, a Palavra do Senhor nos afirma que ao deixar essa metamorfose acontecer em nossa vida, nos transformamos em nova criatura. “Quando alguém esta em Cristo, torna-se uma pessoa totalmente nova por dentro (Nova Criatura). Já não é mais a mesma pessoa. As coisas antigas já passaram e teve início uma nova vida!” (2 Co 5:17)

Ah! Como temos necessidade de mudança! É preciso voar livre com um belo par de asas para trazer alegria, vida e encanto àqueles que nos veem. Tudo é novo! Não há como questionar isso! Nossas vestes, nossas palavras, tudo é diferente! Todo o nosso exterior é outro agora, porque o Espírito Santo habita dentro de nós. Mas, assim como as borboletas transformam seus órgãos durante a metamorfose, nosso interior também precisa ser mudado totalmente, não adianta ter uma mudança externa sem a interna! Nosso interior precisa ter o cheiro da vida de Cristo em nós! Senão, não passaremos de sepulcros caiados. “(…) são como belos túmulos pintados: bonitos por fora, mas por dentro cheios de ossos de homens mortos, de podridão e sujeira.” (Mateus 23.27). Quantas vezes nos encontramos, sem uma aparência agradável como a larva da borboleta? Quantos foram, e ainda são, os momentos em que nos encontramos dentro de um casulo, sofrendo dores, sendo apertados, espremidos, sem ter como fugir, talvez pensando que não há mais solução? E para que serve tudo isso? Para que Ele veja o fruto do seu trabalho em nós! Quem não se alegra ao ver em um jardim borboletas voando? No jardim de Deus nós somos essas borboletas!

O Senhor se transfigurou diante dos seus discípulos, quer dizer, adotou uma figura distinta; revelou a sua glória para eles e estes já não o viram com o véu da carne, mas transfigurado. “Seis dias depois, Jesus levou consigo Pedro, Tiago, e seu irmão João para o topo de um monte alto e solitário. Enquanto observavam, o seu aspecto mudou de tal maneira (Ele foi transfigurado, transformado) que seu rosto brilhava como o sol e suas roupas tornaram-se brancas como a luz.” (Mateus 17:1,2). Jesus transfigurado naquela glória com a que apareceu aos seus discípulos, nós então enxergamos o propósito de Deus para a nossa vida, “Jesus glorificado”, essa é a imagem a qual Deus nos quer transformar, para que sejamos semelhantes a Ele. “E todos nós, no entanto, não temos um véu sobre nosso rosto e podemos ser espelhos que refletem claramente a glória do Senhor. À medida que o Espírito do Senhor trabalha dentro de nós, somos transformados com glória cada vez maior, e tornamo-nos mais e mais semelhantes a ele.” (2 Co 3:18)

As escrituras nos diz que a transformação (metamorfose), na vida cristã, ocorre por meio da renovação do entendimento, ou seja, da MENTE! Onde a metamorfose não deve acontecer somente no corpo, no comportamento, mas principalmente na MENTE! E devemos nos atentar a isto, pois a nossa mente tem um papel importantíssimo na vida cristã. Para uma transformação genuína é necessário deixar a antiga forma, afinal ninguém nunca viu uma lagarta voando por ai. “Então desfaçam-se dessa velha maneira de viver, a velha natureza que era parceira nos seus maus caminhos, completamente corrompida, cheia de imoralidade e engano. Agora as suas atitudes e os seus ‘PENSAMENTOS’ devem ser constantemente renovados. Sim, vocês devem revestir-se do novo ser, criado por Deus, que é parecido com a sua natureza, santa e justa, proveniente da verdade.” (Ef: 4:22-24)

O pensamento molda a ação, Jesus afirmou que a libertação dos (Hábitos, ideias, valores e conceitos contrários à Bíblia), acontece quando descobrimos a verdade. Descobrir a verdade sempre Dói! Principalmente quando descobrimos que muito do que acreditávamos, são coisas contrárias ao que Deus nos ensina através da Sua Palavra – E isso machuca! “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” (João 8:32). Em outras palavras, nos tornamos pessoas novas e diferentes quando renovamos nossos pensamentos, agora passamos a pensar como as escrituras. “Não imitem a conduta e os costumes deste mundo, mas seja, cada um, uma pessoa nova e diferente, mostrando uma sadia renovação em tudo quanto faz e pensa. E assim vocês aprenderão, de experiência própria, a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:2)

Todas as borboletas já foram lagarta. Nesse processo de metamorfose, o crente vai deixando para trás os pecados, os erros, os defeitos de caráter e tudo que o identifica com o mundo. Mas, a metamorfose não é apenas um processo de deixar para trás as coisas que desagradam a Deus. É também um processo de edificação espiritual e de construção do caráter. Nesse processo vamos adquirindo virtudes que nos fará cada dia mais semelhantes a Jesus Cristo.

Existem pessoas que nunca deixam de ser larva, morrem presas ao casulo, pois assim como aquela pequena borboleta para se libertar do casulo precisa exercer uma grande força, nós também necessitamos de força para seguir em frente e muitos desistem largando sua cruz na metade do caminho. Alguns até conseguem sair do casulo, mas não tem força para dar voos altos. Infelizmente muitos estão sofrendo um tipo de “involução” espiritual, e retomando a forma antiga, muitos cristãos estão voltando às formas do mundo. Formas estas cada vez mais aberrantes: Poligamia, Pornografia, Corrupção, Violência, Intolerância, etc. E o pior é que muitos crentes têm retomado essa forma de viver. Devemos morrer para o mundo, morrer para o seu eu, negando a si mesmo, negando suas vontades carnais, desejos pecaminosos, coisas que desagradam a Deus em sua vida mundana, porque o “morrer” para o Cristão é algo nobre também! É preciso diminuir para que Deus cresça! Deus hoje te chama para uma renovação de ‘Corpo, Alma e Mente’. “Então Jesus disse aos seus discípulos: “Se alguém quer ser um dos meus seguidores, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.” (Mateus 16:24)

Que a Igreja de Cristo não se molde ao mundo! Que a Igreja de Cristo não se conforme com os vícios mundano, mas lute pela sua transformação à imagem de Jesus. A verdadeira metamorfose já ocorreu para aqueles que têm sua vida firmada em Jesus. Agora, é perseverar até o dia da vinda Dele. A forma do crente em Cristo é parecer-se com seu Salvador, e não mais a um mundo caído e desgraçado pelo pecado, agora somos também imitadores de Cristo e nos fomos lavados e santificados. “Houve tempo quando alguns de vocês eram exatamente isso, porém agora seus pecados foram lavados; vocês foram santificados (Separados para Deus) e justificados (Ele os aceitou) no nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus.” (I Co 6:11)

As borboletas são tão belas que alguns a chamam de “flores aladas” e de “joias voadoras” o cristão também é uma joia rara para o Senhor. O pecado fez do ser humano uma lagarta feia e nojenta, mas o plano de Deus é transformar-nos em borboletas. Que o Senhor venha transformar a cada um de nós! E que façamos a DIFERENÇA!

Metamorfose “metAMORfose” no meio desta palavra tem “AMOR”, é através do amor de Deus que nos transformamos em “Borboletas”.

Permita-se ser “Metamorfado” (Transformado) pelas mãos do CRIADOR, e viva uma Nova vida, um Novo nascimento e uma Nova estrutura espiritual.

“Jesus respondeu: “Verdadeiramente, digo-lhe isto: Se alguém não nascer de novo, nunca poderá ver Reino de Deus.” (Jo. 3:3)

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

Deus Abençoe á Todos!

Anúncios