Para você ficar com marcas Deus te leva até o deserto que machuca, mas enriquece, queima a pele, mas tempera o caráter. No deserto há a dispensação da graça de Deus suprindo as necessidades de cada dia. Sempre que Deus pretende usar alguém Ele o conduz ao deserto para exercitá-lo nos limites da dependência Dele, ou seja, no limite de Deus. Pois dependemos da vontade Dele!!!

Não há cristianismo sem deserto, nem deserto sem tribulações. Deus não examina você procurando medalhas, certificados ou diplomas, mas sim cicatrizes. As marcas do deserto, são de fato os sinais de uma vida de quem peregrinou sob a confiança do Senhor, onde provado, mas nunca abandonado por Ele!

“Lembrem-se de como o Senhor guiou vocês por todo o caminho através do deserto durante quarenta anos, para humilhá-los e prova-los, a fim de saber o que estava no coração de vocês, para ver se vocês obedeceriam ou não aos seus mandamentos.” (Deuteronômio 8:2)

“Durante quarenta anos em que conduzi vocês pelo deserto, nem as suas roupas, nem as sandálias dos seus pés ficaram estragadas.” (Deuteronômio: 29:5)

Por que Deus nos leva a passar pelo DESERTO? 

Para nos provar, nos purificar, nos moldar, nos capacitar.
O DESERTO é necessário, o DESERTO é onde Deus irá te aperfeiçoar!

Não tema a repreensão do Senhor, pois Ele só ensina quem Ele ama! Se você está passando pelo DESERTO de Deus, é sinal que Ele não te deixou, não murmure, busque ao Senhor de todo coração, bata na porta da misericórdia.

“Então, se o meu povo se humilhar e orar, e me procurar, e se arrepender e mudar sua maneira errada de viver, eu ouvirei do céu as suas orações, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.” (2 Crônicas 7:14)

O que devemos saber é que Deus, diferentemente do inimigo de nossas almas, não prova o homem em vão, mas para uma finalidade específica e individual. Muitas vezes é necessário, Deus nos levar ao DESERTO, para que possamos ouvir a Sua VOZ!

“Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração.” (Oséias 2:14)

“Quando os pobres e desamparados procurarem água, sem achar, quando suas línguas estiverem ressequidas de sede; eu os ouvirei e lhes responderei. Eu, o Deus de Israel não os abandonarei. Farei nascer rios no alto das montanhas, farei surgir fontes no fundo dos vales! No deserto haverá açudes e na terra mais seca brotarão mananciais! Plantarei árvores no deserto: o cedro, a acácia, a murta e a oliveira. Nas terras secas plantarei o cipreste, o olmo e o pinheiro. Todos verão esse milagre e compreenderão que foi a mão do Senhor, o Santo de Israel quem fez tudo isso.” (Isaías 41: 17 á 20)

Muitas marcas vem de pessoas que convivemos e amamos, marcas de feridas das quais já nos curamos; marcas de dores que já sentimos; marcas de alegrias que vivenciamos. As marcas ficam para te lembrar das coisas que passou; para que possa agradecer e saber que se resistiu foi pura e simplesmente pelas mãos, de Deus! E hoje leve consigo a maior marca de todas: A marca da promessa! A marca de que viverá a vida eterna junto a esse Deus tão maravilhosamente grandioso e misericordioso; O próprio amor!

“Não fiquem lembrando o que aconteceu no passado; não continuem pensando nas coisas que fiz há muito tempo. Vejam, estou fazendo uma coisa completamente nova, algo que já comecei a realizar, será que vocês ainda não perceberam? Vou abrir uma grande estrada no deserto e no meio da terra seca farei correr riachos! Os animais do campo me louvarão, como também os chacais e os avestruzes, porque eu fornecerei bastante água no deserto, e riachos na terra seca para o meu povo, o meu escolhido beber á vontade, ao povo que formei para mim mesmo para me dar louvor perante o mundo.” (Isaías 43: 18 á 21)

E você, em meio a tantas marcas deixadas pela vida, já possui a marca da cura, libertação e transformação?

“Eis que te purifiquei, mas não como a prata: provei-te na fornalha da aflição.”
(Is 48:10)

Obrigado, meu Senhor e meu Deus, lhe dou Glória ao teu Santo nome pelas marcas deixadas pelos desertos da vida!!!

“Lá, eu lhe darei de volta as suas videiras e transformarei o vale da desgraça em uma porta de esperança…” (Oseias 2:15)

Glória á Deus por tudo, que o teu nome Santo seja hoje e eternamente louvado!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

Deus Abençoe á Todos!

Anúncios