Certa manhã um pai convidou seu filho para um passeio no sítio, e o menino aceitou com prazer. Em certa altura do caminho, pararam perto de uma árvore e o pai perguntou ao filho:

Além dos passarinhos, você está ouvindo alguma coisa?
-O menino prestou atenção e respondeu: 
Estou ouvindo um barulho de carroça.

Isso mesmo, filho, é o barulho de uma carroça vazia – disse o pai.

-Mas pai, como pode saber que a carroça está vazia se ainda não a vimos?

Filho, a gente sabe que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, mais barulho faz!

Aquele garotinho cresceu e se tornou um homem. E sempre que vê alguém falando com arrogância, se vangloriando, humilhando os outros, querendo impor sua vontade a todo mundo, querendo demonstrar que é dono da verdade e da razão absoluta, julgando as pessoas, fofocando da vida alheia, brigando, ele se lembra das palavras do seu pai: “Quanto mais vazia a carroça, mais barulho faz.”

“Evitem a boca suja. Digam só o que é bom e útil áqueles com quem vocês estiverem falando, e o que resulta em benção para eles.” (Ef. 4:29)

“Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência.” (Colossenses 3:12)

Deus Abençoe á Todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

Anúncios