“Não Preciso ir na Igreja Para Estar com Deus!” Será mesmo?

Eis as frases do século:

  • “Para viver uma vida com Deus, eu não preciso ir à Igreja!”
  • “Avançamos, nossa cultura permitiu uma evolução da vida espiritual, onde não dependemos mais de Igrejas, Irmãos, Lideres (Pastores, Anciãos).”

Muitos também dizem “A igreja somos nós! Eu, Você, cada um é sua própria igreja!”

Na verdade você (o seu corpo) é o TEMPLO do Espírito Santo, seu corpo é a morada de Deus “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo…” (1 Co 6:19). Já a igreja é o Local de culto, é onde devemos nos reuir com nossos irmãos! A igreja é também chamada de “Casa de Oração”. Veja!

As Escrituras dizem: ‘A minha casa será chamada casa de oração” (Mt 21:13) 

E a Palavra de Deus nos incentiva para nos reunirmos e juntos buscar a face de Dele. “Pois onde dois ou três se reunirem em meu nome, eu estarei ali no meio deles”. (Mateus 18:20).

Qual então melhor lugar para nos reunimos, além das Casas de Oração/Igrejas? Bom de qualquer forma neste texto explicativo chamarei as “Casas de Oração de Igreja!”.

Mas, será que essas pessoas que tem esta falta de compromisso em frequentar a igreja realmente conhecem Deus? – Para conhecer Deus, é necessário conhecer o Seu caráter, os Seus princípios eternos, os Seus mandamentos, a Sua vontade. E isso leva um tempo para aprender. A igreja é o corpo de Cristo, e a Palavra de Deus, fala muito em (ESTAR NO CORPO).

o-corpo-de-cristo-entendimento-visual

“Nossos corpos têm muitos membros, porém esses muitos membros formam um só corpo. Assim acontece com Cristo. Cada um de nós é um membro desse corpo único de Cristo…” (1 Coríntios 12:12-13) – “Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.” (1 Coríntios 12:14)

Assim como todos os nossos membros no corpo humano é essencial para seu bom funcionamento, assim também somos como membro no corpo de Cristo, cada um é fundamental para seu funcionamento, cada um exerce um papel importante:

“Pois tal como existem muitos membros em nosso corpo, e esses membros têm um trabalho diferente a executar, assim também é com o corpo de Cristo. Todos nós somos parte dele, e cada um de nós é necessário para fazê-lo completo…” (Romanos 12: 4 e 5)

É claro que qualquer membro só poderá estar vivo e ativo se estiver ligado ao corpo, é indispensável estar conectado ao corpo (Igreja, Cristo).

O que acontece quando uma parte é amputada do corpo?

Ela logo apodrece, morre, se degenera. Para poder viver e crescer, você precisa ser uma parte integrada a este corpo. Por isso todo crente tem que estar ligado à igreja. Foi assim que Deus projetou o nosso corpo físico, e assim também projetou o corpo de Cristo.

“Ora, o corpo não é feito de um só membro, mas de muitos. Se o pé disser: “Não sou membro do corpo porque não sou mão, nem por isso deixa de ser um membro do corpo. E que pensariam vocês se ouvissem uma orelha dizer: “Não sou membro do corpo, porque sou apenas uma orelha, e não olho. Será que isso a faria menos parte do corpo?” (…). “Entretanto, Deus criou muitos membros para os nossos corpos e colocou cada um desses membros conforme Ele quis. Que coisa esquisita seria um corpo, se tivesse somente um único membro!” (…). O olho não pode dizer á mão: Não preciso de você. A cabeça não pode dizer aos pés: Não preciso de vocês.” (I Coríntios 12: 14, 16, 18,19 e 21).

Pense no seu corpo humano, agora pense nos seus membros (mãos, pés…), é assim que a Bíblia se refere ao Corpo de Cristo, tudo vivo, conectado e ligado á Ele! Não é somente “eu e Jesus”. É “nós e Jesus”. Na igreja o todo é maior que as partes. Como um corpo, a igreja tem muitas partes, cada uma delas com uma função importante para Deus.

“Isso produz harmonia entre os membros, não havendo divisão no corpo. Todos os membros têm o mesmo interesse uns pelos outros. Se um membro sofrer, todos os outros sofrem com ele, e se um membro for honrado, todos os outros se alegram com ele. Eis o que eu estou procurando dizer:

“TODOS VOCÊS JUNTOS SÃO O CORPO DE CRISTO, E CADA UM DE VOCÊS É UM MEMBRO SEPARADO E NECESSÁRIO DESSE CORPO.” (I Coríntios 12: 25 á 27).

A igreja, como corpo de Cristo, está viva com o Espírito de Cristo. A Bíblia fala da igreja como a noiva de Cristo. O Senhor enxerga nela uma beleza cada vez mais radiante; Partilha com ela de amor e intimidade profundos. A igreja é mais preciosa para Cristo do que a esposa para seu esposo. Jesus é o nosso cabeça, o templo é o lugar onde podemos dar testemunho das maravilhas que Deus tem feito na vida de cada um. É através da Igreja que somos batizados nas águas, como mandou o Senhor Jesus, reunidos na presença do Senhor em união e em uma só comunhão, tomamos a Santa Ceia, ouvimos á Sua Santa Palavra, louvamos, oramos em comunhão, nos alegramos juntos. “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!” (Salmos 133:1).

Como podemos condenar um ministério se ainda não apreciamos? Qual a maneira de achar pessoas reunidas em nome de Deus? Estando em comunhão com os irmãos (a igreja). Não adianta você só acreditar e ter fé em Deus. “Pois onde dois ou três se reunirem em meu nome, eu estarei ali no meio deles.” (Mateus 18:20). Quando entendemos verdadeiramente o propósito de irmos à igreja, isso se torna prazeroso.

“Mais vale passar um dia no seu templo que viver mil dias em qualquer outro lugar. Prefiro ficar humildemente á entrada da casa do meu Deus á viver nas casas dos maus.” (Salmos 84: 10)

Na igreja Deus nos oferece o que é necessário para entrar no seu Reino, Deus deseja que nós perseveremos na fé uns com os outros. “E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos à caridade e às boas obras. “Não descuidemos dos nossos deveres na igreja, nem das suas reuniões, como algumas pessoas fazem, mas animemo-nos e nos admoestemos (Advertir) uns aos outros, especialmente agora que o dia da sua volta está se aproximando (Hebreus 10:25)”.

Não ter comunhão com os irmãos é ser como uma brasa fora do braseiro, ela esfria e apaga!

Quando se nega ir ao templo de Deus, será que não está mais interessado em seguir o seu gosto do que em obedecer a Deus? Se o Próprio Jesus e seus discípulos iam às sinagogas (igrejas, templos), então neste caso o que lhe diferencia Dele? Jesus frequentava o templo. “E ensinava nas suas sinagogas, e por todos era louvado.” (Lucas 4:15). (Sinagoga: Lugar onde se reúnem os israelitas para o exercício do seu culto).

Sabe quando em muitas vezes uma pessoa que no princípio parece antipática, depois se revela um grande amigo. É o que está acontecendo entre Você e a Igreja. Aproxime-se dela sem preconceitos, e verá como vão se abrir novos horizontes na sua vida. “Jesus lhe respondeu: Eu falei abertamente ao mundo; eu sempre ensinei na sinagoga e no templo, onde todos os judeus se ajuntam, e nada disse em oculto” (João 18.20). O povo de Deus costumava se reunir nos templos, em salas especiais, até nas cavernas, para louvar o Senhor e ouvir a Palavra. “E cumprindo-se dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar…” (Atos 2:1). O próprio Cristo afirma que “…e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16:18). A igreja faz parte do plano de Deus para aqueles que querem ser melhores na caminhada espiritual.

Se você acredita em Jesus e diz que O ama, a vida com as pessoas da Igreja é essencial para moldar e desenvolver o caráter cristão. Para se acreditar em Deus não precisa ir à igreja. Mas para ficar mais “perto” Dele espiritualmente sim! E mesmo que você tenha o hábito de ler a Bíblia, tenho certeza absoluta que “dificilmente” você vai se dedicar aos estudos e leitura da Bíblia e sozinho irá conseguir entende-la!

Você pode se aperfeiçoar por correspondência? É como dizer que você não precisa estar numa escola para estar vivendo uma vida de conhecimento ou se crê mesmo em Deus e não quer ouvir do que Ele pensa? Quando visitamos a casa de Deus, é o primeiro passo para sairmos do nosso orgulho. Antes de descartar ou desprezar a igreja na sua vida, é importante ver o que Deus diz a respeito dela. Se tomar consciência disso poderá dizer como o Salmista: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos á casa do Senhor.” (Salmos 122:1)

A “Modinha” dos que se dizem “Desigrejados”

Esse é um argumento muito usado por quem não quer se reunir com os irmãos nas casas de oração, alegando que a igreja somos nós!

Agora pense: Com este argumento a pessoa está negando a sí mesmo e se definindo como um “rebelde desigrejado”, ou seja, está negando claramente ser a “Noiva de Cristo”. “Desigrejado, Deserdado, Separado, Rebelde”

Não existe em nenhum lugar da Bíblia qualquer incentivo para que as pessoas sirvam a Cristo longe de Sua igreja, o que acontece é que muitas pessoas pela falta de compromisso que têm com o Evangelho de Cristo, defendem que a igreja não é algo importante e fundamental na vida do verdadeiro cristão. Isto é ignorância!

“Pois a sabedoria vale mais que pedras preciosas; você pode imaginar qualquer tipo de riqueza, mas isso não pode se comparar ao valor da sabedoria.” (Prov. 8:11)

“Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e aprender no seu templo.” (Salmos 27:4). Nossa alma necessita da presença de Deus e, o culto preenche esse espaço, além de ser um lugar propício para aprendermos mais de Deus.

Vá à igreja com reverência para prestar um culto de adoração ao Senhor e para ouvir e aprender. “Guarda o teu pé, quando entrares na casa de Deus; e inclina-te mais a ouvir do que a oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal.” (Eclesiastes 5:1)

Enquanto diz “NÃO”, outros estão indo á igreja e saindo com sua porção, estão com a botija cheia de azeite e a cada “NÃO” você só está atrasando suas bênçãos, pois em muitas situações Deus quer sim lhe dar as suas bênçãos, mas será que você está realmente preparado (Segundo os desígnios de Deus) para recebê-las? E recebendo-as você terá o zelo necessário para com elas? – Se para aqueles que estão dentro da igreja já correm o risco de não ser Salvo, imagina para quem está fora da igreja? Sem ir á igreja fica difícil caminhar segundo os conselhos e vontades de Deus, pois o homem é falho!

Há certos caminhos que parecem perfeitos ao homem, mas quem os segue acabará encontrando á morte. (Provérbios 14:12)

Você vai na casa de seus amigos? Então, se você é amigo de Deus vai na casa Dele!

“Deixem para trás a insensatez e vocês viverão de verdade. Venham andar pelo caminho do entendimento!” (Prov. 9:6). “Quem dá valor á sua própria vida procura se tornar sábio; quem usa bem o seu entendimento prospera.” (Prov 19:8)

LEMBRE-SE: A IGREJA É UM LUGAR PARA PESSOAS IMPERFEITAS!
A Igreja é o Hospital de Almas!

Infelizmente nos dias atuais se tornou comum ouvirmos a frase: “Me decepcionei com a Igreja! – Os seus líderes e os crentes são todos hipócritas!” O problema é que se tornou comum este pensamento ou desculpa entre as pessoas. Mas procurar pessoas perfeitas dentro da igreja de Deus é como chegar em um hospital e falar: “Não aceito ninguém doente aqui!”. Ora, quando você não gosta de um médico, você vai pra outro. Com a igreja, se uma lhe decepcionou por algum motivo, não significa que todas são assim. Nada disso! Outras igrejas, apesar de não serem perfeitas ou não terem as pessoas perfeitas, com certeza caminham em busca da Palavra de Deus, com o coração cheio de fé e desejo de agradá-lo.

Deus veio buscar aquele que está perdido! A igreja é um pronto socorro onde você encontra pessoas de todo tipo. E na Bíblia não é diferente, lá vemos muitos exemplos de pessoas imperfeitas e também tinha quem se considerava imperfeito para um mundo que só aceita os “fisicamente perfeitos!” Lembre-se: Jacó era trapaceiro, Pedro era genioso, Davi foi infiel, Noé se embriagou, Jonas fugiu de Deus, Paulo era assassino, Gideão estava inseguro, Marta angustiada, Tomé era incrédulo, Sara impaciente, Elias estava deprimido, Lázaro estava morto, Moisés gaguejava, Zaqueu era pequeno, Abraão era velho.

Sim! A igreja é um lugar de pessoas imperfeitas, caso contrário não precisaríamos de Jesus!

Nós somos humanos e não perfeitos….O Único Perfeito que pisou nesta terra foi Jesus! Agora se um ministério te decepcionou, nada te impede de visitar outra Igreja! Até mesmo porque quem sai da igreja por causa das pessoas, nunca esteve lá por causa de Deus…Quem matou Abel? Seu irmão! Quem vendeu José? Seus irmãos! Quem expulsou Jefté? Seus irmãos! Quem teve inveja de Davi? Seus irmãos! Quem não ficou contente com a volta do filho pródigo? Seu irmão! E todos foram abençoados por Deus. Portanto, não pare, não desista, TEU NEGÓCIO É COM O PAI E NÃO COM OS IRMÃOS! Mude a rua, mude o bairro, mude o estilo! Só uma coisa: você não vai encontrar a Igreja perfeita. Sabe por quê? Pelo mesmo motivo que sua família não é perfeita, sua profissão não é perfeita, seus relacionamentos não são exatamente perfeitos, VOCÊ não é perfeito! Algumas igrejas realmente são falhas até demais, porque como diz a Bíblia, muitos pecam porque FALTA CONHECIMENTO DE BÍBLIA!

Sinto muito se você pensa que pode ser cristão em casa, sem congregar.
A Bíblia ensina batizar, cuidar, exortar, disciplinar, e sozinho ninguém faz isso. Sim, você é o templo de Deus, mas não é igreja sozinho. A igreja é o corpo e Cristo é a cabeça. Um galho solto não faz parte de uma árvore. Congregue em uma igreja bíblica, e tenha paciência com os irmãos como Cristo tem com você. Lembre-se que nem Cristo andava sozinho, Ele estava sempre reunido com seus discípulos.

Encontre uma igreja com princípios fundamentados na Palavra, e se esforce para fazer a diferença nela, no que você puder. Além do que, você não vai à igreja atrás do homem, e sim de DEUS! “Jesus respondeu-lhes: São os doentes que precisam de médico, não aqueles que têm boa saúde. Meu propósito é convidar os pecadores a se arrependerem dos seus pecados, e não aqueles que se acham muito justos”. (Lucas 5:31)

Oh! Quanta perfeição no propósito de Jesus, os “SÃO” (bom) não precisam de médico, e sim os doentes e Ele NÃO veio chamar os que se julgam perfeitos, mas SIM os pecadores ao arrependimento! Deus é o oleiro e nós somos a argila em suas mãos, Deus não chama os qualificados, Ele qualifica e capacita os imperfeitos! Quando você diz “NÃO”, você não está dizendo “Não” para mim ou propriamente para Deus, na verdade você está dizendo “NÃO” para você mesmo, pois lá na frente você responderá pela sua Alma, pelas atitudes e decisões tomadas hoje!

“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.” (Apocalipse 2:7)

Jesus é a Transformação!

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

*** CLICK AQUI E ESCOLHA UM OUTRO TEMA PARA LER EM NOSSA PÁGINA INICIAL ***

VOCÊ DESEJA LER E ENTENDER A BÍBLIA, PORÉM TEM DIFICULDADES PARA COMPREENDER OS TEXTOS? AGORA VOCÊ JÁ PODE INICIAR SUA LEITURA BÍBLICA DE LINGUAGEM FÁCIL E DE SIMPLES COMPREENSÃO 😉 É DE GRAÇA 😄 PARA INICIAR BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO👇

Leitura Bíblica: Gênesis 50

Gênesis 50

A lamentação por Jacó e o seu enterro

1 José atirou-se sobre seu pai, chorou sobre ele e o beijou. 2 Ele deu ordens a seus servos, aos que eram médicos, para embalsamarem seu pai; e os médicos embalsamaram o corpo
de Israel.

3 O processo de embalsamamento levou quarenta dias, que era o prazo normal para
isso. Os egípcios choraram a sua morte por setenta dias.

4 Depois que terminou o período de luto, José falou com a alta corte do faraó: “Peço a
bondade de vocês de falarem com o faraó a meu favor, dizendo: 5 ‘Meu pai me fez jurar o seguinte: Estou perto da morte. Enterre-me na terra de Canaã, no túmulo que preparei para mim. Por favor, deixe-me subir e enterrar meu pai; depois eu voltarei’”.

6 E o faraó respondeu: “Vá e enterre o seu pai como ele o fez jurar”.

7 Então José subiu para enterrar o seu pai. Foram com ele todos os oficiais do faraó, os
membros mais importantes da sua família e todas as autoridades da terra do Egito.

8 Além deles, foi toda a família de José, seus irmãos e os demais membros da família de seu pai. Somente as crianças, os rebanhos e o gado foram deixados na terra de Gósen.

9 Também foram com eles homens a cavalo e carruagens. Assim, o cortejo foi muito grande.

10 Chegando ao campo de beneficiamento de grãos de Atade, a oeste do rio Jordão, choraram muito; e José chorou a morte do pai por sete dias.

11 Quando os cananeus, moradores daquela
terra, viram o luto em Atade, disseram: “É impressionante o choro desses egípcios!” Por isso, aquele lugar, que fica além do rio Jordão, se chamou Abel-Mizraim.

12 Assim, os filhos de Israel fizeram o que ele lhes tinha ordenado. 13 Levaram-no à terra de Canaã e o enterraram na caverna do campo de Macpela, próximo a Manre. Abraão tinha comprado essa caverna com o campo do heteu Efrom. Ele recebeu a escritura de posse para que fosse usada como cemitério da família.

José anima a seus irmãos.

14 Depois disso, José, seus irmãos e todos os que foram com ele para o enterro de seu pai voltaram para o Egito.

15 Vendo os irmãos de José que seu pai estava morto, disseram: “Agora é possível que José nos persiga e se vingue do mal que fizemos a ele”.

16 Por isso mandaram este recado a José: “Antes de morrer, o seu pai deixou uma mensagem a você.

17 A mensagem é esta: ‘Perdoe a maldade de seus irmãos e o pecado que cometeram, com o mal que fizeram a você’. Agora lhe pedimos que perdoe a maldade dos servos do Deus de seu pai”. Enquanto falavam, José chorou.

18 Depois os irmãos foram falar pessoalmente com ele. Ficaram inclinados diante de José e disseram: “Aqui estamos, dispostos a servi-lo como seus escravos”.

19 José, porém, lhes disse: “Não tenham medo. Por acaso estou no lugar de Deus? 20 É bem verdade que vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus tornou o mal em bem para que hoje fosse preservada a vida de muitas pessoas. 21 Por isso, não tenham medo. Vou sustentar vocês e seus filhos”. Assim, ele os tranquilizou e lhes falou amavelmente.

22 José e toda a família de seu pai ficaram morando no Egito. Ele viveu cento e dez anos. 23 José chegou a ver os filhos e os netos de Efraim. Viu também os filhos de Maquir, que era filho de Manassés, os quais José tomou no colo.

24 Disse José aos seus irmãos: “Está chegando o dia da minha morte; mas Deus certamente virá ao encontro de vocês no tempo certo e os tirará desta terra, e os fará voltar para a terra que ele jurou dar a Abraão, a Isaque e a Jacó”.

25 Então José fez que os filhos de Israel
jurassem, dizendo-lhes: “Estou certo de que Deus fará o que acabo de dizer. Quando isso
acontecer, levem os meus ossos daqui”.

26 José morreu com cento e dez anos. Seu corpo foi embalsamado e colocado num caixão no Egito.

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

ESTE É O ÚLTIMO CAPÍTULO  DO LIVRO DE GÊNESIS

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

Leitura Bíblica: Gênesis 49

Gênesis 49

Jacó abençoa seus filhos e morre

1 Depois Jacó mandou chamar seus filhos e disse: “Fiquem todos juntos, e eu direi a vocês o que há de acontecer no futuro.

2 “Reúnam-se para ouvir, filhos de Jacó. Ouçam as palavras de seu pai Israel:

3 “Rúben, você é o meu filho mais velho. Você é a expressão da minha força, o primeiro fruto da minha vitalidade. Você é superior em nobreza, superior em poder. 4 Você é arrojado como as águas. Entretanto, não será o mais importante, porque pecou na cama de seu pai. Você desonrou o leito de seu pai.

5 Simeão e Levi são irmãos; usam a espada para a violência. 6 Não estarei presente nos seus planos, nem participarei das suas reuniões, porque não controlaram a sua fúria, e saíram matando homens e mutilaram touros. 7 Maldita seja a sua
fúria, pois era violenta, e a sua ira, pois era cruel! Eu os dividirei na terra de Jacó e os
dispersarei em Israel.

8 Judá, os seus irmãos o louvarão. A sua mão destruirá os seus inimigos! Os filhos de seu pai se inclinarão diante de você. 9 Judá é um leãozinho. Meu filho, você pegou sua presa e depois subiu vitorioso. Inclina-se e deita-se como o leão e como a leoa. Será que alguém tem coragem de despertá-lo? 10 Ninguém tirará o cetro dele, até que venha aquele a quem ele pertence, e os povos lhe obedecerão. 11 Ele amarrará o seu
jumentinho a uma videira, na melhor videira que encontrar; lavará as suas roupas no vinho e a sua capa no sangue das uvas. 12 Seus olhos serão mais escuros que o vinho; seus dentes, branqueados pelo leite.

13 Zebulom vai morar nas praias do mar e servirá como porto para os navios. Suas fronteiras se estenderão até Sidom.

14 Issacar é como um jumento de ossos fortes, deitado entre os rebanhos de ovelhas. 15 Viu que era bom ficar descansando e desfrutando das delícias de sua terra. Aceitou curvar seus ombros para que colocassem o fardo nos seus
ombros, e concordou em trabalhar como escravo.

16 Dã será juiz do seu povo, como se fosse
uma só tribo. 17 Dã será uma serpente à beira da estrada, uma serpente venenosa à beira do caminho, que morde o calcanhar do cavalo, que empina e faz cair para trás o cavaleiro.

18 Ó SENHOR, espero a sua salvação!

19 Gade será atacado por um bando de guerrilheiros, mas ele os atacará pela retaguarda.

20 Aser, a sua mesa será farta, e produzirá alimentos dignos de um rei.

21 Naftali é uma gazela solta, que profere palavras formosas.

22 José é um ramo frutífero, um ramo frutífero próximo à fonte, cujos galhos se estendem sobre o muro. 23 Os arqueiros lhe deram amargura, atirando flechas que o aborreciam.

24 Mas o seu arco permanece firme, e os seus braços são fortes pelas mãos do Poderoso de Jacó, sim, pelo nome do Pastor, a Rocha de Israel, 25 pelo Deus de seu pai, que o ajudará, e pelo Todo-poderoso, que o abençoará com bênçãos dos altos céus, com bênçãos das profundezas, com bênçãos da fertilidade e da maternidade.

26 As bênçãos de seu pai serão maiores do que as bênçãos de meus antepassados, até os limites dos montes eternos. Que essas bênçãos estejam sobre a cabeça de José, sobre o alto da cabeça daquele que foi separado entre seus irmãos.

27 Benjamim é um lobo feroz. De manhã devora a presa e de tarde reparte o que sobrou”.

28 São essas as doze tribos de Israel, e foi isso que seu pai falou quando os abençoou, dando a cada um a bênção devida.

29 Depois lhes deu as seguintes ordens: “Vou morrer logo e me reunir ao meu povo.
Enterrem-me com os meus pais, na caverna do campo do heteu Efrom, 30 na caverna do campo de Macpela, próximo a Manre, na terra de Canaã, o campo que Abraão comprou de Efrom, como propriedade para sepultura da família.

31 Ali foram enterrados Abraão e sua mulher Sara, Isaque e sua mulher Rebeca, e ali enterrei Lia.

32 “O campo e a caverna que nele está foram comprados dos heteus”.

33 Tendo acabado de dar essas ordens a seus filhos, Jacó recolheu seus pés na cama e morreu, e foi reunido aos seus antepassados.

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

Leitura Bíblica: Gênesis 48

Gênesis 48

Jacó adoece

1 Algum tempo depois, disseram a José: .“Seu pai está doente”. Então José tomou seus dois filhos, Manassés e Efraim, e foi vê-lo.

2 E anunciaram a Jacó: “O seu filho José está aí e quer vê-lo”. Com muito esforço, Israel assentou-se na cama.

3 Então Jacó disse a José: “O Deus Todo poderoso me apareceu na cidade de Luz, na terra de Canaã. Ele me abençoou 4 e disse: ‘Farei com que tenha muitos filhos e que os seus descendentes se multipliquem e formem muitas nações. Além disso, darei esta terra aos seus descendentes por propriedade para sempre’.

5 “Agora, ouça bem, José. Os seus dois filhos, que nasceram na terra do Egito antes que eu viesse ao Egito, são meus. Efraim e Manassés serão meus, tanto quanto Rúben e Simeão.

6 Mas os outros filhos que você tiver serão seus. Eles serão chamados para receber sua herança, segundo o nome de um de seus irmãos.

7 Quando eu voltava de Padã, sofri muito com a morte de Raquel na terra de Canaã, no caminho, perto de Efrata. Eu a sepultei ali mesmo, à beira da estrada para Efrata, que é Belém”.

8 Quando Israel viu os filhos de José, perguntou: “Quem são eles?” 9 “São os filhos que Deus me deu aqui (no Egito)”, respondeu José. Então Israel disse: “Coloque-os aqui para que eu os abençoe”.

10 Os olhos de Israel já estavam enfraquecidos por causa da velhice, de modo que enxergava muito mal. José trouxe os seus filhos para bem perto do avô deles, e ele os beijou e os abraçou.

11 Então Israel disse a José: “Eu não tinha mais esperança em vê-lo novamente, e agora Deus me permitiu ver também os seus filhos!”

12 Depois José tirou-os de perto de seu pai e inclinou-se diante de seu pai, com o rosto no chão. 13 Em seguida, deu a mão direita a Efraim, à esquerda de Israel, e a mão esquerda a Manassés, à direita de Israel. Os três se aproximaram de Israel.

14 Mas Israel estendeu a mão direita e a pôs sobre a cabeça de Efraim, e a mão esquerda sobre a cabeça de Manassés, cruzando os braços. Assim deu a Efraim, o mais novo, a bênção que normalmente caberia a Manassés, que era o filho mais velho.

15 E abençoou a José, dizendo: “O Deus a quem meus pais Abraão e Isaque serviram, o Deus que me sustentou durante toda a vida até o dia de hoje, 16 o Anjo que me tem livrado de todo mal, abençoe estes meninos. Que eles sejam chamados pelo meu nome e pelo nome de meus pais Abraão e Isaque, e que os descendentes deles venham a ser uma multidão na terra”.

17 José não gostou ao ver o pai colocar a mão direita sobre a cabeça de Efraim. Por isso pegou a mão do pai, a fim de tirá-la da cabeça de Efraim e colocá-la sobre a cabeça de Manassés.

18 E disse José a seu pai: “Assim não, meu pai, pois o filho mais velho é este. Ponha a mão direita sobre a cabeça dele”.

19 Mas seu pai recusou-se e disse: “Eu sei, meu filho, eu sei. Os descendentes de Manassés também formarão um grande povo. Mas o seu irmão mais novo será maior do que ele, e os seus descendentes formarão muitas nações”.

20 Assim Jacó os abençoou naquele dia, dizendo: “Vocês servirão como exemplo para a bênção que darei a outros. O povo de Israel usará os seus nomes para abençoar uns aos outros. Eles vão dizer assim: ‘Que Deus faça a você o que fez a Efraim e a Manassés!’” Desta forma colocou o nome de Efraim à frente de Manassés.

21 Em seguida, Israel disse a José: “Vou morrer logo, mas Deus estará com vocês e os levará de volta à terra de seus pais.

22 Dou a você mais que a seus irmãos. Você receberá a região montanhosa, a qual tomei dos amorreus com a minha espada e com o meu arco”.

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

Leitura Bíblica: Gênesis 47

Gênesis 47

José anuncia a Faraó a chegada de seu pai

1 Então José foi falar com o faraó: “Meu pai e meus irmãos chegaram de Canaã com seus rebanhos, o seu gado e com tudo o que têm. Eles estão na região de Gósen”.

2 Depois de dizer isso, José fez entrar cinco de seus irmãos e os apresentou ao faraó.

3 “Em que vocês trabalham?”, perguntou o faraó. Eles responderam: “Estes seus servos são pastores. Os nossos antepassados trabalhavam nisso, e nós continuamos na mesma profissão”.

4 Disseram-lhe ainda: “Viemos morar nesta
terra, porque não há pastagem para os rebanhos de seus servos, pois a fome é terrível na terra de Canaã. Agora, pedimos respeitosamente que permita que seus servos habitem na terra de Gósen”.

5 Então o faraó disse a José: “Seu pai e seus irmãos vieram ao seu encontro. 6 A terra do
Egito está à sua disposição. Escolha a melhor parte da terra. Que habitem na terra de Gósen. E se você encontrar entre eles homens competentes, coloque-os como responsáveis para cuidarem do meu gado”.

7 José levou seu pai Jacó, e o apresentou ao faraó. Depois Jacó abençoou o faraó.

8 O faraó perguntou a Jacó: “Qual é a sua idade?”

9 Jacó respondeu: “Tenho 130 anos de peregrinação. Minha vida de peregrinação foi curta e difícil, e não tenho vivido tanto quanto os meus antepassados”.

10 Então Jacó abençoou o faraó e saiu.

11 José deu todo o apoio ao pai e a seus irmãos para se estabelecerem no Egito e deu-lhes como propriedade a melhor parte das terras do Egito, na região de Ramessés, conforme a ordem do faraó.

12 E José providenciou o sustento para seu pai, seus irmãos e toda a sua família, segundo o número de seus filhos e netos.

Como José comprou toda a terra do Egito para Faraó.

13 Não havia mantimento em toda a terra, e a fome era severa. Tanto o povo do Egito quanto o povo de Canaã desfaleciam por causa da fome.

14 José arrecadou todo o dinheiro que se achava na terra do Egito e de Canaã, vendendo cereais para o povo, e recolheu-o na casa do faraó.

15 Quando acabou o dinheiro dos egípcios e dos cananeus, todos os egípcios foram a José e suplicaram: “Por favor, dános mantimento. Não nos deixe morrer de fome, porque o nosso dinheiro acabou”.

16 José respondeu: “Se o dinheiro acabou, tragam então os seus rebanhos, e em troca lhes darei mantimento”.

17 Então trouxeram os rebanhos a José, e ele deu-lhes mantimento em troca de cavalos, rebanhos, bois e jumentos. Durante aquele ano ele os sustentou em troca dos seus rebanhos.

18 No começo do ano seguinte, foram novamente falar com José, dizendo: “Não vamos esconder do senhor que o nosso dinheiro acabou e os nossos rebanhos já lhe pertencem. Já não nos resta coisa alguma para oferecer. Só nos restam nossos corpos e nossas terras.

19 Não permita que morramos e que as nossas terras pereçam diante dos seus olhos. Compre-nos, e compre as nossas terras em troca de mantimento, e nós e as nossas terras seremos escravos do faraó. Dê-nos sementes para que vivamos e não morramos, a fim de que a terra não fique deserta”.

20 Assim, José comprou as terras do Egito para o faraó. Os egípcios venderam os seus
campos, pois a fome era terrível; e o faraó tornou-se proprietário da terra.

21 Quanto ao povo, tornou-os escravos, de uma extremidade do Egito à outra.

22 Somente as terras dos sacerdotes não foram compradas, porque eles tinham o direito de receber sustento regular do faraó. Por isso não precisaram vender as suas terras.

23 Então José disse ao povo: “Comprei vocês e suas terras para o faraó. Em troca, dou estas sementes para cultivarem a terra.

24 Do que colherem, terão de dar a quinta parte ao faraó. Usem as outras quatro partes para semear e para alimentar vocês, seus filhos e as pessoas que moram com vocês”.

25 Eles responderam: “O senhor salvou-nos a vida e tem sido bom para nós. Seremos
escravos do faraó”.

26 José estabeleceu o seguinte decreto que vale até hoje na terra do Egito. A quinta parte das colheitas pertence ao faraó. Esse decreto não se aplica aos sacerdotes, porque eles não precisaram vender suas propriedades ao faraó.

27 Em meio a essa situação, Israel morou no Egito, na região de Gósen, onde compraram terras, e os seus descendentes tornaram-se muito numerosos.

28 Depois de chegar ao Egito, Jacó viveu mais dezessete anos, e chegou a ter 147 anos de idade.

29 Aproximando-se a hora de sua morte, Israel chamou seu filho José e lhe disse: “Se deseja ser bondoso comigo, ponha a sua mão direita debaixo da minha coxa e prometa que será bondoso e leal comigo, e faça o que peço: Não me enterre no Egito.

30 Quando eu morrer, quero que me enterre no mesmo lugar em que os meus pais foram enterrados”. José respondeu: “Vou fazer o que o senhor me pede”.

31 Então Jacó lhe disse: “Jure-me!” E ele jurou. Então Israel inclinou-se sobre a cabeceira da cama.

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

Leitura Bíblica: Gênesis 46

Gênesis 46

Jacó e toda a família descem ao Egito

1 Israel partiu com tudo o que possuía. Ele parou em Berseba e ofereceu sacrifícios ao
Deus de seu pai Isaque.

2 Ainda em Berseba, Deus falou de noite com Israel por meio de visões. Deus disse: “Jacó! Jacó!” Ele respondeu: “Eis-me aqui!”

3 “Eu sou Deus, o Deus do seu pai”, disse ele. “Não tema em descer para o Egito, porque lá eu farei de você uma grande nação. 4 Estarei com você na viagem para o Egito e certamente o trarei de volta. E a mão de José fechará os seus olhos”.

5 Então Jacó deixou Berseba. E os filhos de Israel levaram o seu pai, seus filhos e suas
mulheres nas carruagens mandadas pelo faraó.

6 Levaram os seus rebanhos e os bens que tinham conseguido em Canaã, e Jacó e toda a sua família foram para o Egito.

7 Levou para aquela terra seus filhos, seus netos, suas filhas e suas netas, ou seja, toda a sua descendência.

8 Estes são os nomes dos israelitas, Jacó e os seus filhos, que foram para o Egito: Rúben, o filho mais velho de Jacó.

9 Os filhos de Rúben: Enoque, Palu, Hezrom e Carmi. 10 Simeão e seus filhos Jemueel, Jamim, Oade, Jaquim, Zoar e Saul, que era filho de uma cananeia.

11 Levi e seus filhos Gérson, Coate e Merari. 12 Judá e seus filhos Er, Onã, Selá, Perez e Zerá. Er e Onã morreram na terra de Canaã. Perez e seus filhos Hezrom e Hamul.

13 Issacar e seus filhos Tolá, Puva, Jó e Sinrom.

14 Zebulom e seus filhos Serede, Elom e Jaleel.

15 Foram esses os filhos de Jacó e de Lia nascidos em Padã-Arã. Diná também era filha dela. No total, entre filhos e filhas, netos e netas, eram trinta e três pessoas.

16 Gade e seus filhos: Zifiom, Hagi, Suni, Esbom, Eri, Arodi e Areli. 17 Aser e seus filhos: Imna, Isvá, Isvi, Berias e a irmã deles, Sera. Os filhos de Berias foram Héber e Malquiel.

18 Foram esses os filhos que Jacó teve com Zilpa, serva que Labão deu a sua filha Lia. Ao todo, os filhos e filhas, netos e netas de Zilpa eram dezesseis pessoas.

19 Os filhos de Raquel, a mulher de Jacó, José e Benjamim. 20 No Egito nasceram estes filhos de José e de Azenate, filha de Potífera, sacerdote de Om: Manassés e Efraim. 21 Os filhos de Benjamim: Bela, Bequer, Asbel, Gera, Naamã, Eí, Rôs, Mupim, Hupim e Arde. 22 Foram esses os filhos de Jacó e de Raquel. Ao todo, eram catorze pessoas.

23 Dã e seu filho Husim.

24 Naftali e seus filhos Jazeel, Guni, Jezer e Silém.

25 Foram esses os filhos de Bila, que Labão deu à sua filha Raquel. Bila deu à luz sete filhos.

26 Todos os que foram com Jacó para o Egito, todos os seus descendentes, sem contar as mulheres e seus filhos, somavam sessenta e seis pessoas.

27 Com mais os dois filhos que nasceram de José no Egito, somando os membros da família de Jacó que foram para o Egito, eram setenta pessoas.

O encontro de José com seu pai.

28 Jacó mandou Judá à frente até José, para saber o caminho para Gósen. Quando eles
chegaram, 29 José mandou preparar uma carruagem, e foi encontrar-se com seu pai em Gósen. Ao vê-lo, José o abraçou e chorou. E ficou muito tempo abraçado ao pai, chorando.

30 Israel disse a José: “Agora já posso morrer, pois já vi o seu rosto. Encontrei o meu filho vivo!”

31 E José disse aos irmãos e a toda a família de seu pai: “Vou falar com o faraó e lhe direi: ‘Meus irmãos e toda a família de meu pai, que estavam na terra de Canaã, vieram para cá.

32 Os homens são pastores e criadores de gado. Eles trouxeram consigo os rebanhos, o seu gado e tudo o que têm’.

33 Quando, pois, o faraó perguntar qual é a profissão de vocês, 34 respondam assim: ‘Estes seus servos criam rebanhos desde pequenos. Esse também era o trabalho dos nossos antepassados’. Assim, vocês poderão ficar morando na terra de Gósen, porque os pastores são desprezados pelos egípcios”.

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

Leitura Bíblica: Gênesis 45

Gênesis 45

José dá-se a conhecer a seus irmãos

1 Então José não conseguiu mais se conter diante de todos os que estavam com ele e gritou: “Saiam todos daqui!” E ninguém ficou com ele quando José se revelou a seus irmãos.

2 E ele chorou tão alto que o choro podia ser ouvido pelos egípcios, bem como do palácio do faraó.

3 Então ele disse a seus irmãos: “Eu sou José. Meu pai ainda está vivo?” Mas os seus irmãos não puderam responder, porque ficaram assustados diante dele.

4 Então José disse a seus irmãos: “Cheguem mais perto”. Quando eles se aproximaram, José continuou: “Eu sou José, o irmão que vocês venderam ao Egito! 5 Agora, nada de tristeza! E não se recriminem por terem me vendido para cá, porque foi para a conservação da vida que Deus me enviou adiante de vocês. 6 Porque a terra já passou por dois anos de fome, e ainda restam cinco anos em que não haverá cultivo nem colheita. 7 Mas Deus me enviou adiante de
vocês para preservar a sua descendência na terra e para manter a vida de vocês por meio de um grande livramento.

8 “Assim, não foram vocês que me mandaram para cá, mas sim Deus. Ele me fez ministro do faraó, senhor de toda a sua casa e governador de toda a terra do Egito.

9 Agora, não percam tempo! Voltem depressa a meu pai e digam-lhe: ‘Assim manda dizer o seu filho José: Deus fez
de mim senhor de toda a terra do Egito. Venha para cá o quanto antes.

10 O senhor habitará na terra de Gósen. Assim o senhor estará sempre perto de mim. Não só o senhor, mas também os seus filhos, os seus netos, os seus rebanhos, o seu gado, enfim, tudo o que o senhor tem.

11 Eu providenciarei o seu sustento, porque ainda haverá cinco anos de fome. Faça o que estou dizendo, para que não caia a pobreza sobre o senhor, a sua família e tudo o que é seu’.

12 “Vocês estão vendo com os próprios olhos, bem como meu irmão Benjamim, que sou eu mesmo que estou falando com vocês.

13 Anunciem a meu pai toda a honra que tenho recebido no Egito e tudo o que vocês mesmos têm visto. Apressem-se em buscar o meu pai!”

14 E José abraçou o seu irmão Benjamim e chorou; e, abraçado com ele, Benjamim também chorou.

Faraó ouve falar dos irmãos de José.

15 Em seguida, José beijou cada um dos seus irmãos e chorou com eles. Só então seus
irmãos puderam falar com ele.

16 Ouviu-se a seguinte notícia no palácio do faraó: “Estão aqui os irmãos de José”. Isto
agradou ao faraó e seus oficiais.

17 Então o faraó disse a José: “Diga a seus irmãos: ‘Carreguem os seus animais e voltem para a terra de Canaã. 18 Chamem o seu pai e as suas famílias, e retornem para cá. Eu darei a vocês as melhores terras que há no Egito. E vocês poderão comer da fartura desta terra. 19 Levem também carruagens da terra do Egito para trazer os seus filhos e suas mulheres, bem como o seu pai. 20 Não se preocupem com os seus bens, porque o que há de melhor no Egito será de vocês’”.

21 Os filhos de Israel seguiram as instruções que receberam. José lhes deu carruagens,
conforme o faraó havia ordenado. Também lhes deu provisão para a viagem.

22 Além disso, deu a cada irmão trajes de festa. Mas a Benjamim deu trezentas moedas de prata e cinco trajes de festa.

23 E José enviou a seu pai dez jumentos carregados dos melhores produtos do Egito e dez jumentos carregados de cereais e pães e outras provisões para a viagem.

24 E despediu os seus irmãos. Quando estavam de partida, disse-lhes: “Não briguem durante a viagem!”

25 Então saíram do Egito e voltaram para a terra de Canaã, à casa do seu pai Jacó.

26 Lá chegando, lhe disseram: “José ainda vive! Ele é governador de toda a terra do Egito!” O coração de Jacó quase parou. Ele não conseguia acreditar no que estava ouvindo.

27 Porém, quando lhe contaram tudo o que José lhes tinha dito, e ao ver as carruagens que José tinha mandado para levá-lo, o espírito dele ganhou nova vida.

28 E Israel disse: “Não precisam falar mais nada! Meu filho José ainda vive. Quero vê-lo antes que eu morra”.

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

Leitura Bíblica: Gênesis 44

Gênesis 44

A astúcia de José para deter seus irmãos

1 José deu a seguinte ordem ao administrador de sua casa: “Dê a esses homens o máximo de mantimento que eles puderem levar e ponha o dinheiro de cada um na boca do saco de mantimento.

2 Coloque a minha taça de prata na boca do saco de mantimento do filho mais novo”. E ele obedeceu a todas as ordens de José.

3 Logo de manhã os irmãos saíram para casa, levando consigo os jumentos.

4 Ainda não estavam muito longe da cidade, quando José disse ao administrador: “Vá atrás daqueles homens. Quando os alcançar, diga: ‘Por que vocês pagaram o bem com o mal? 5 Por que roubaram a taça de prata que o senhor usa para beber e que usa para fazer previsões? Vocês procederam muito mal’”.

6 O administrador foi e os alcançou e disse a eles as palavras de José. 7 Mas eles lhe
responderam: “Por que nosso senhor diz estas palavras? Longe de nós, seus servos, praticar algo assim!

8 Nós trouxemos de volta o dinheiro, da terra de Canaã, que achamos na boca dos sacos de mantimento. Então, por que iríamos roubar prata e ouro do seu senhor? 9 Pois bem, aquele dos seus servos com quem for encontrada a taça morrerá; e o restante de nós será escravo do seu senhor!”

10 Então lhes respondeu: “Concordo com a proposta de vocês. Somente aquele com quem for encontrada a taça ficará como escravo. Os outros estarão livres”.

11 Trataram de cada um descarregar rapidamente o seu saco e abri-lo. 12 O administrador examinou os sacos, começando com a carga do mais velho até o mais novo. E a taça foi encontrada no saco de mantimento de Benjamim!

13 Então rasgaram as suas roupas, carregaram de novo os jumentos e voltaram para a cidade.

14 José ainda estava em casa quando chegaram Judá e seus irmãos e se lançaram ao chão, diante dele. 15 José lhes perguntou: “O que é que vocês fizeram? Vocês não sabiam que um homem como eu sou capaz de perceber o que acontece?

A humilde súplica de Judá.

16 Então Judá disse: “O que responderemos ao nosso senhor? O que falaremos? Como
poderíamos provar a nossa inocência? Deus trouxe à luz a culpa dos pecados dos seus servos. A partir de agora somos seus escravos, tanto nós como aquele que estava com a taça de prata”.

17 Mas ele disse: “Longe de mim fazer tal coisa! O homem que roubou a taça será o meu escravo. Vocês, no entanto, poderão voltar em paz para a casa do seu pai”.

18 Então Judá se aproximou de José e disse: “Ah, meu senhor! Permita-me dizer uma palavra ao meu senhor, e não fique aborrecido com o seu servo, pois o senhor é como o próprio faraó.

19 Meu senhor perguntou a seus servos: ‘Vocês têm pai e algum outro irmão?’ 20 E nós respondemos ao senhor: ‘Nosso pai já é bem idoso e com ele ficou um filho da sua velhice, o mais novo, cujo irmão já morreu. Ele é o único filho da mesma mãe, e o pai o ama muito!’

21 “Mas o senhor disse aos seus servos: ‘Tragam o filho mais novo, para que eu o veja’. 22 Respondemos ao meu senhor: ‘O jovem não pode deixar o pai, senão o pai morre!’

23 Mas o senhor disse aos seus servos: ‘Se o irmão mais novo de vocês não descer com vocês, não os receberei’. 24 Assim, voltamos para a casa do seu servo, meu pai, e repetimos a ele as palavras de meu senhor.

25 “Então nosso pai disse: ‘Voltem e comprem um pouco de mantimento’.

26 Nós respondemos: ‘Não podemos descer sem o nosso irmão mais novo. Só iremos se ele for também, porque o governador afirmou que não nos receberia se fôssemos sem o menino’.

27 “Então nos disse o seu servo, nosso pai: ‘Vocês sabem que a minha mulher me deu dois filhos; 28 um deles desapareceu. Certamente foi despedaçado por algum animal selvagem, e nunca mais o vi. 29 Se agora também levarem este outro embora, e lhe acontecer algum mal, a tristeza fará com que eu desça à sepultura’.

30 “Agora, pois, se eu voltar a seu servo, o meu pai, sem levar o jovem comigo, visto que está muito apegado a ele, 31 quando ele perceber que o jovem não está conosco, morrerá. Os seus servos seriam culpados de matar de tristeza o nosso pai.

32 “Senhor, o seu servo garantiu que seria responsável pelo jovem. Eu disse assim: ‘Se eu não trouxer o jovem de volta, serei culpado para sempre diante do meu pai’.

33 “Agora, peço ao senhor, que eu fique como escravo no lugar do mais jovem, e ele volte com os seus irmãos. 34 Como poderei voltar e me encontrar com o meu pai, se o jovem não for comigo? Eu não suportaria ver o sofrimento de meu pai!”

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

Leitura Bíblica: Gênesis 43

Gênesis 43

Os irmãos de José descem outra vez ao Egito

1 A fome persistia e se tornava cada vez pior na terra.

2 Quando acabou o cereal que os
filhos de Israel tinham trazido do Egito, disse-lhes seu pai: “Voltem e comprem um
pouco mais de mantimento”.

3 Mas Judá lhe respondeu: “O homem nos advertiu seriamente: ‘Não me verão se o irmão de vocês não vier com vocês’.

4 Se o senhor enviar o nosso irmão conosco, desceremos e compraremos mantimento.

5 Mas se não o enviar, não desceremos, porque o homem nos disse: ‘Não me verão se o irmão de vocês não vier com vocês’”.

6 Israel perguntou: “Por que me causaram esse mal contando àquele homem que tinham outro irmão?”

7 Eles responderam: “O homem nos perguntou a respeito de nós e de nossa família. Ele perguntou: ‘O pai de vocês ainda está vivo? Vocês têm outro irmão?’ Nós apenas respondemos às perguntas dele. Como poderíamos imaginar que ele faria esta exigência: ‘Tragam o seu irmão?’”

8 Judá voltou a falar com o seu pai Israel: “Deixe o jovem aos meus cuidados e partiremos, para que vivamos e não morramos, nem nós, nem o senhor, nem as nossas crianças.

9 Eu serei responsável por ele. O senhor me fará prestar contas. Se eu não o trouxer de volta e não o colocar diante da sua presença, serei culpado para sempre diante do senhor.

10 Mas não nos faça demorar mais. Se tivéssemos ido, já estaríamos de volta a estas horas!”

11 Então seu pai Israel respondeu: “Parece que não tenho escolha. Se tem de ser assim, assim será. Mas tratem de levar os produtos mais preciosos desta terra, coloquem nos sacos e levem-nos para aquele homem. Levem um pouco de bálsamo e um pouco de mel, perfumes finos e mirra, nozes de pistache e amêndoas.

12 Levem dinheiro em dobro, e devolvam o
pagamento da primeira compra que foi colocado na boca dos sacos de vocês. Pode ser que o dinheiro foi colocado nos sacos por engano.

13 Levem também o irmão de vocês e voltem àquele homem. 14 Que o Todo-poderoso Deus lhes conceda misericórdia diante daquele homem, para que ele libere o seu outro irmão e deixe Benjamim voltar com vocês. Quanto a mim, se eu perder meus filhos, ficarei desolado!”

15 Então os homens pegaram os presentes, o dinheiro em dobro e a Benjamim, desceram para o Egito e se apresentaram a José.

16 Quando José viu que Benjamim estava com eles, disse ao administrador de sua casa: “Leve estes homens para casa, mate umas cabeças de gado e prepare tudo, porque estes homens almoçarão comigo ao meio-dia”.

17 Ele fez como José lhe havia ordenado e levou os homens para a casa de José. 18 Os filhos de Israel ficaram com medo, quando viram que foram levados à casa de José, e diziam: “Estamos aqui por causa do dinheiro que voltou conosco nos sacos de mantimentos. Ele quer nos acusar, tornar-nos escravos e tomar os nossos jumentos”.

19 Resolveram falar com o administrador da casa de José 20 e disseram: “Por favor, senhor! Já estivemos aqui uma vez para comprar mantimento; 21 quando paramos numa hospedaria, abrimos os sacos de mantimento e encontramos todo o dinheiro na boca de cada saco. Agora estamos aqui de novo e trouxemos de volta aquele dinheiro.

22 Além disso trouxemos mais dinheiro conosco, para comprar mantimento. Não sabemos quem colocou o dinheiro nos
sacos”.

23 Mas o administrador disse: “Paz esteja com vocês. Não tenham medo! O seu Deus, o Deus de seu pai, foi quem deu o precioso presente que vocês acharam nos sacos de cereais. O dinheiro de vocês chegou às minhas mãos”. Então soltou Simeão e o levou até onde eles estavam.

24 Depois os levou à casa de José. Ofereceu água para lavarem os pés e deu ração
aos seus jumentos.

25 Então eles prepararam o presente para a chegada de José ao meio-dia, porque ficaram sabendo que iriam almoçar ali.

26 Quando José chegou, eles lhe deram o presente e inclinaram-se diante dele, com os rostos no chão.

27 Ele queria saber como eles estavam, e em seguida perguntou: “Vocês me falaram
do seu pai idoso. Come ele vai? Ainda vive?”

28 Eles responderam: “O seu servo, nosso pai, vai bem e ainda vive”. E novamente baixaram a cabeça e se inclinaram.

29 José dirigiu sua atenção para seu irmão Benjamim, filho de sua mãe, e disse: “É este o irmão mais novo de quem me falaram?” E acrescentou: “Deus conceda graça a você, meu filho”.

30 A essa altura, não suportou mais a emoção em ver o seu irmão e saiu depressa,
procurando um lugar para chorar. Ele entrou no seu quarto e ali chorou.

31 Depois lavou o rosto e saiu. Conseguiu conter suas emoções e disse: “Sirvam a refeição”.

32 Serviram a ele em separado dos irmãos e dos egípcios que estavam com ele, porque os
egípcios não podiam comer com os hebreus. Isso seria um sacrilégio para eles.

33 José determinou que seus irmãos fossem colocados à mesa, diante dele por ordem de idade, do mais velho ao mais novo. Isto causou certo espanto entre eles.

34 Então, lhes serviram a comida. A porção dada a Benjamim era cinco vezes maior do que a dos outros. E eles beberam e se alegraram com ele.

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

 

Leitura Bíblica: Gênesis 34

Gênesis 34

Diná é desflorada

1 Um dia, a filha de Lia, Diná, saiu para conhecer as mulheres daquela terra.

2 Quando Siquém, filho do rei heveu Hamor, viu Diná, agarrou-a e forçou-a a ter relações com ele.

3 E ele apaixonou-se pela filha de Jacó, Diná, e procurou conquistar o amor dela.

4 Então Siquém disse ao seu pai Hamor: “Peça aquela moça em casamento para mim”.

5 Quando Jacó ficou sabendo que sua filha Diná tinha sido desonrada por Siquém, seus filhos estavam cuidando do gado no campo. Jacó ficou quieto a respeito do assunto, até a volta dos filhos.

6 Enquanto isso, o pai de Siquém, Hamor, foi falar com Jacó. 7 Quando os filhos de Jacó voltaram, ouviram o que havia acontecido e ficaram profundamente indignados e furiosos por Siquém ter praticado um ato tão vergonhoso para eles, desonrando a filha de Jacó. Isso era uma coisa que não se devia fazer.

8 Mas Hamor disse-lhes: “Meu filho Siquém apaixonou-se pela filha de vocês. Peço a vocês que a entreguem para que seja esposa dele.

9 Tornem-se nossos parentes. As suas filhas
poderão se casar com os nossos filhos e as filhas do meu povo poderão se casar com os seus filhos.

10 Vocês poderão se estabelecer aqui. A terra está à disposição de vocês. Habitem
nela, façam negócios e comprem propriedades”.

11 O próprio Siquém falou ao pai e aos irmãos de Diná: “Peço que sejam bondosos comigo, e eu lhes darei o que me pedirem.

12 Peçam o quanto quiserem pelo dote do casamento e o presente pela moça. Darei o que me pedirem. Só peço que me deem a moça por esposa”.

13 Então, os filhos de Jacó responderam com falsidade a Siquém e ao seu pai Hamor, por ter Siquém desonrado sua irmã Diná. Eles disseram:

14 “Não podemos dar a nossa irmã a um
homem que não foi circuncidado. Isso seria uma vergonha para nós.

15 Só aceitaremos o seu pedido com uma condição: que vocês se tornem como nós, circuncidando todos os homens do
seu povo.

16 Só assim daremos a vocês as nossas filhas e poderemos casar-nos com as suas. Habitaremos com vocês e seremos um só povo.

17 Se, porém, não concordarem e não
aceitarem a circuncisão, levaremos nossa irmã Diná e iremos embora daqui”.

18 Essas palavras agradaram a Hamor e a seu filho Siquém.

19 Sem demora o jovem colocou em prática
o que lhe tinham pedido, porque estava muito apaixonado pela filha de Jacó. Ele era o mais respeitado de todos os da casa de seu pai.

20 Assim Hamor e seu filho Siquém convocaram todos os cidadãos para uma assembleia à porta da sua cidade e disseram:

21 “Esses homens são pacíficos. Vamos permitir que eles morem em nossa terra e façam negócios aqui. A terra é bastante espaçosa, e eles não terão problema com seu sustento. As filhas deles poderão casar com os nossos filhos, e as nossas filhas com os filhos deles.

22 Porém, para habitarem conosco, tornando-nos um só povo, eles impõem uma condição, ou seja, que todos os nossos homens sejam circuncidados, como eles.

23 E será que não ficaremos com todo o seu gado, os seus bens e todos os outros animais? Vamos aceitar, pois, a condição para que morem entre nós”.

24 E todos os cidadãos que estavam à porta da cidade concordaram com Hamor e seu filho Siquém, e todos os homens da cidade foram circuncidados.

A tradição de Simeão e Levi.

25 Mas três dias depois, quando os homens sentiam mais fortemente as dores do corte, dois filhos de Jacó, Simeão e Levi, irmãos de Diná, tomaram suas espadas, entraram
inesperadamente na cidade e mataram todos os homens.

26 Hamor e seu filho Siquém também
foram mortos. Os dois irmãos tiraram Diná da casa de Siquém e foram embora.

27 Depois os filhos de Jacó entraram e saquearam a cidade, porque a sua irmã tinha sido desonrada.

28 Levaram os seus rebanhos, os bois, os jumentos e tudo o que havia na cidade e no campo.

29 Levaram todos os seus bens, além das crianças e mulheres como prisioneiras, e saquearam tudo o que havia nas casas.

30 Então Jacó disse a Simeão e a Levi: “Quanta aflição vocês me causaram! Agora serei odiado pelos moradores desta terra, entre os cananeus e os ferezeus. Somos poucos. Se eles se juntarem contra mim, eu e a minha casa seremos destruídos”.

31 Mas eles responderam: “É justo deixar que ele tratasse a nossa irmã como se fosse uma prostituta?”

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã