A Maçã é o Fruto Proibido?

ADÃO & EVA PECARAM POR COMER UMA MAÇÃ?

Este é um erro muito comum que é sempre disseminado pelas pessoas em geral sejam  estes religiosos ou não. Mas, por que dizem que Adão e Eva morderam uma maçã? De onde surgiu esse argumento?

“Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. E ela perguntou à mulher: “Foi isto mesmo que Deus disse: ‘Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim’? “Respondeu a mulher à serpente: “Podemos comer do fruto das árvores do jardim, mas Deus disse: ‘Não comam do fruto da árvore que está no meio do jardim, nem toquem nele; do contrário vocês morrerão’ “. Disse a serpente à mulher: “Certamente não morrerão! Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecedores do bem e do mal”. Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também. Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir-se. Ouvindo o homem e sua mulher os passos do Senhor Deus que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim. Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: “Onde está você? “E ele respondeu: “Ouvi teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava nu; por isso me escondi”. E Deus perguntou: “Quem lhe disse que você estava nu? Você comeu do fruto da árvore da qual lhe proibi comer? “Disse o homem: “Foi a mulher que me deste por companheira que me deu do fruto da árvore, e eu comi”. O Senhor Deus perguntou então à mulher: “Que foi que você fez? ” Respondeu a mulher: “A serpente me enganou, e eu comi”. Então o Senhor Deus declarou à serpente: “Já que você fez isso, maldita é você entre todos os rebanhos domésticos e entre todos os animais selvagens! Sobre o seu ventre você rastejará, e pó comerá todos os dias da sua vida. Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar”. À mulher, ele declarou: “Multiplicarei grandemente o seu sofrimento na gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos. Seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará”. E ao homem declarou: “Visto que você deu ouvidos à sua mulher e comeu do fruto da árvore da qual eu lhe ordenara que não comesse, maldita é a terra por sua causa; com sofrimento você se alimentará dela todos os dias da sua vida. Ela lhe dará espinhos e ervas daninhas, e você terá que alimentar-se das plantas do campo. Com o suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte à terra, visto que dela foi tirado; porque você é pó e ao pó voltará”. Adão deu à sua mulher o nome de Eva, pois ela seria mãe de toda a humanidade. O Senhor Deus fez roupas de pele e com elas vestiu Adão e sua mulher. Então disse o Senhor Deus: “Agora o homem se tornou como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Não se deve, pois, permitir que ele também tome do fruto da árvore da vida e o coma, e viva para sempre”. Por isso o Senhor Deus o mandou embora do jardim do Éden para cultivar o solo do qual fora tirado. Depois de expulsar o homem, colocou a leste do jardim do Éden querubins e uma espada flamejante que se movia, guardando o caminho para a árvore da vida” (Gênesis 3:1,24)

O fruto proibido NÃO é/era uma maçã. Em nenhum lugar da Bíblia diz isto. Não há uma única referência a essa fruta (maçã ou a qualquer outra fruta) na Bíblia. A versão original do texto só se refere ao “fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal”.

E, por que a maçã acabou se tornando o símbolo do proibido? Tudo aconteceu por conta de um escritor e poeta inglês chamado John Milton. Em 1667, ele lançou uma de suas obras chamada de: “Paraíso Perdido”. Trata-se de um poema épico – ou seja, não tem fundamento bíblico.

Voltando mais no tempo, o papa Dâmaso I, que teve o pontificado entre os anos 366 e 384 d.C., solicitou que um de seus principais escribas, Jerônimo, traduzisse a Bíblia hebraica para o latim. Acontece que, nessa língua, tanto “mal” quanto “maçã” possuem a mesma grafia: “malus”.

Na Bíblia hebraica, a palavra original é “peri”, que é realmente traduzível como “fruto”.

A árvore da vida? – “E o Senhor Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida; e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal” (Gênesis 2:9)

A árvore da vida era uma árvore cujo fruto dava a vida eterna.

Quando Deus criou o Éden, Ele colocou a árvore da vida no centro do jardim “Ora, o Senhor Deus tinha plantado um jardim no Éden, para os lados do leste; e ali colocou o homem que formara. O Senhor Deus fez nascer então do solo todo tipo de árvores agradáveis aos olhos e boas para alimento. E no meio do jardim estavam a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal” (Gênesis 2:8,9)

Deus deu ao homem permissão para comer de todas as árvores do jardim, mesmo a árvore da vida. O homem só não deveria comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. As duas árvores estavam lado a lado: Uma que dava vida e outra que trazia morte, (pense em um fruto venenoso que podia te matar)

No início Deus não proibiu o acesso à árvore da vida, isso ocorreu só depois que Adão e Eva pecaram. A árvore da vida permitiria ao homem viver indefinidamente.

Após a desobediência a opção de Adão e Eva seria comer da árvore da vida. Mas, no seu estado de pecado, o homem não pode viver para sempre. Então, Deus expulsou o homem do jardim e guardou o caminho para a árvore da vida com querubins e uma espada em chamas “Então disse o Senhor Deus: “Agora o homem se tornou como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Não se deve, pois, permitir que ele também tome do fruto da árvore da vida e o coma, e viva para sempre”. Por isso o Senhor Deus o mandou embora do jardim do Éden para cultivar o solo do qual fora tirado. Depois de expulsar o homem, colocou a leste do jardim do Éden querubins e uma espada flamejante que se movia, guardando o caminho para a árvore da vida” (Gênesis 3:22,24)

Logo aqui já identificamos a saída do casal do Paraíso também como uma precaução para que não comessem o fruto da árvore da vida e vivessem eternamente em um corpo corrompido pelo pecado.

Só então Deus barrou a entrada deles no Éden, pois se comessem da árvore da vida naquela condição de pecadores, viveriam para sempre nessa condição de separados de Deus e espiritualmente mortos.

A árvore da vida também é citada em Apocalipse – “Então o anjo me mostrou o rio da água da vida que, claro como cristal, fluía do trono de Deus e do Cordeiro, no meio da rua principal da cidade. De cada lado do rio estava a árvore da vida, que dá doze colheitas, dando fruto todos os meses. As folhas da árvore servem para a cura das nações” (Apocalipse 22:1,2) – Essa árvore está no Céu e traz cura e vida. A árvore da vida representa a vida eterna que há em Jesus.

Quem vai para o Céu poderá comer da árvore da vida e terá a vida eterna. Esse é o prêmio de todos que aceitam Jesus como seu Salvador e o seguem durante suas vidas na terra “Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas. Ao vencedor darei o direito de comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus” (Apocalipse 2:7). Os salvos viverão eternamente com Deus, sem sofrer mais as consequências do pecado.

(Para Entender o Que é a Salvação Eterna e Morte Eterna – ‘Espiritual’ – CLICA AQUI)

Podemos entender O Fruto do pecado como sendo algo simbólico a Bíblia usa muitas linguagens em metáforas!

O que é Metáfora? – São linguagens figurativas (Ex: Esse moço é um “GATO!” – Bom é apenas um moço “BONITO”, não necessariamente ele é um animal felino).

Assim Jesus também disse “Eu sou a porta”, “Eu sou a videira verdadeira”, e nem por isso compreendemos que Ele seja como uma porta de madeira, ou como uma árvore. Outra expressão figurada usou Jesus na instituição da Santa Ceia, Ele disse, referindo-se ao pão: “(…) Tomai, comei, isto é o meu corpo”. E, referindo-se ao vinho disse: “(…) Isto é o meu sangue” (Mt 26:26,28).

Jesus segundo seu costume usou uma linguagem simbólica, que queria dizer: “Este pão que parto representa o meu corpo que vai ser partido por vossos pecados; o vinho neste cálice representa o meu sangue, que vai ser derramado para apagar os vossos pecados.

“Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus” Ao dizer que o ser humano não viverá apenas do alimento físico (pão), mas também do alimento espiritual (de toda palavra que procede da boca de Deus), Cristo afirma que temos que alimentar nosso espírito com seus ensinamentos. Assim, as palavras de Jesus Cristo sobre “comer sua carne” e “beber o seu sangue” são uma linguagem figurativa/metáfora, com o significado de que o que alimenta nosso espírito é nossa fé Nele. Quem tiver fé em Cristo, quem viver segundo seus ensinamentos, quem entregar sua vida a Ele, “(…) quem comer este pão viverá para sempre” (João 6:58).

Assim é com o “FRUTO PROIBIDO” – O fruto aqui simboliza algo que mudaria a essência da criação de Deus, que corromperia todo um sistema!

Não era uma fruta literal (Literal significa em linguagem popular ‘Levar ao pé da letra’, ou seja, considerar exatamente a palavra que reproduz o que está no texto), neste caso devemos considerar como algo interior que pudesse ser exposto para fora mudando a genética tanto mental, física quanto espiritual. Seria a descoberta de algo que não tivesse mais volta, por isso o homem tinha que ficar em vigilância. É como um Elo fazendo uma ligação entre dois mundos.

É importante saber que o fruto é o símbolo de algo ruim – A Bíblia faz muito o uso de linguagem simbólica é preciso saber discernir (julgar corretamente), seu sentido.

Comer do fruto significa “praticar” algo que leva a prejudicar algo/alguém ou até você seja fisicamente ou espiritualmente. Comer o Fruto Proibido é viver na prática do que você sabe que é errado e ainda assim faz sem “peso na consciência”

O Fruto Proibido é tudo o que te leva a pecar, matar, roubar, mentir, cobiça, ambição, cito outro exemplo que são os desejos da carne e que é sempre confundido com “amor”, mas a Bíblia chama de “Paixões Infames”

E Qual a Diferença Entre “Amor” e “Paixões Infames?”

A Bíblia explica que existe uma grande diferença entre “Amor” e “Paixões Infames”. Enquanto por exemplo o “mundo” diz que é “válido todas as formas de amor” a Palavra de Deus diz que não. No entanto que praticamente em todos os versículos da Bíblia, em que a palavra “Paixão” aparece ela está sempre se referindo à “paixão carnal”, ou seja, os desejos maus da carne, que são pecados.

“Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria” (Colossenses 3:5)

Paixões vergonhosas de acordo com a carne, tais como: Adultério, homossexualidade, Pedófilia, Incesto, Pornografia, Fornicação (Sexo sem ser casado). O Fruto proibido podem ser muitos outros pecados da carne, aqui citei apenas alguns exemplos para melhor entendimento.

Como por exemplo só o fato do homem casado olhar para uma mulher com segundas intenções, este já comete adultério. “Mas eu lhes digo: qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração” (Mateus 5:28)

No Novo Testamento temos como alguns desses tópicos citados como “paixão vergonhosa, paixões infames”, “contrária à natureza”, “atos indecentes” e “perversão”. Tudo o que é uma distorção do propósito original designado por Deus na criação.

“Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão” (Romanos 1:26-27)

E uma outra pergunta que você deve estar fazendo neste momento é: Como pode uma cobra (Serpente) falar? Isso é possível?

Que fique claro a você que a “Serpente” citada em Gênesis é Satanás – Foi ele quem falou com Eva (cobras não falam, pois não têm cordas vocais e não conseguem desenvolver uma conversa pois são surdas)

(Para Entender Melhor Sobre a Serpente do Éden e Seus Significados – CLICA AQUI)

A Bíblia é um LIVRO e todo livro tem Começo, Meio e Fim. A Bíblia não é feita de versículos Isolados!

É preciso ler os textos para entender seu contexto, pois…

TEXTO fora de CONTEXTO vira PRETEXTO para HERESIAS!

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

VOCÊ DESEJA LER E ENTENDER A BÍBLIA, PORÉM TEM DIFICULDADES PARA COMPREENDER OS TEXTOS? AGORA VOCÊ JÁ PODE INICIAR SUA LEITURA BÍBLICA DE FORMA FÁCIL E SIMPLES 😉 É DE GRAÇA 😄 PARA INICIAR BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO👇

CLIQUE AQUI E BOA LEITURA 😍

Se Deus Existe, Porque Tanto Sofrimento?

[READ IN ENGLISH]

Eis as perguntas que não querem calar:
“Se Deus existe, então porque há tantas tragédias?
“E porque o homem sofre tanto?”

Primeiro, não é errado perguntar por que Deus permite o sofrimento, o errado é você se conformar com a dúvida…Alguns têm receio de fazer uma pergunta dessas porque acham que isso significa falta de fé em Deus ou falta de respeito por Ele, isso não é verdade. O fiel profeta Habacuque perguntou a Deus: “Ó Senhor, quanto tempo ainda vou ter de pedir ajuda antes que o Senhor me ouça? Eu grito ao Senhor, mas é em vão. Não recebo resposta. “Socorro! Violência!” é o meu grito, mas ninguém aparece para me socorrer! Por que o Senhor me faz ver a injustiça e contemplar toda essa maldade? Para qualquer lugar que eu olhe, existe violência e destruição. Há luta e briga por todo lado. A lei não é cumprida, nem nos tribunais se faz justiça, pois os perversos são muito mais numerosos que os justos e com isto a justiça é torcida.” (Habacuque 1: 2,4)

Perguntas dessa natureza são frequentes na cabeça de muitas pessoas que gostariam de viver em um mundo melhor. Elas não entendem como pode existir um Deus Todo-poderoso e, ao mesmo tempo, um mundo cheio de problemas, violência, corrupção, injustiças, imoralidade, etc. Para compreendermos esse assunto, temos que observar o início da história da criação do homem (Adão e Eva)

Deus criou o mundo e ao terminar afirmou que tudo era muito bom, mas Deus havia alertado o casal do Paraíso para que não comessem do fruto da árvore do bem e do mal, ou seja, a árvore do conhecimento, pois certamente eles morreriam “E deu-lhe a seguinte ordem: “Você pode comer de toda árvore que está no jardim, mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que comer dessa fruta, certamente você morrerá.” (Gênesis 2:16-17). Mas Eva deu ouvidos a serpente (Satanás) e comeram do fruto, e assim naquele momento eles morreram (Morreram?), Sim! Morreram espiritualmente, a desobediência gera a maldição, e a maldição leva a morte, neste caso Deus estava se referindo á morte espiritual e não a morte física.

Assim o homem se tornou como Deus conhecedor do bem e o mal, então o ser humano passou a não ser mais inocente em suas ações. “Então disse o Senhor Deus: “Agora que o homem se tornou como um de nós, conhecendo o bem e o mal…”. Como consequência da desobediência, Adão e Eva foram expulsos do Paraíso e entraram no mundo em que nos encontramos hoje e todos nós pagamos por isso, pois ainda carregamos as consequências dessa atitude pecadora (desobediência), e no mundo em que vivemos veio o sofrimento. “E o Senhor disse á mulher: “Você terá muitas dores durante a gravidez; com sofrimento você dará á luz filhos….Ao homem Ele disse: “Visto que você deu ouvidos á sua mulher e comeu aquela fruta que eu disse para não comer, o solo da terra será maldito por sua causa. Você precisará lutar todos os dias da sua vida para tirar da terra o seu sustento. Ela também produzirá espinhos e ervas daninhas, e você precisará alimentar-se das ervas do campo. Você precisará suar para que a terra produza o seu alimento, até que volte para a terra, da qual você foi formado. Pois você foi feito da terra e a terra voltará.” (Gênesis 3:16,19) – Veja que nesta parte do pó da terra, Deus estava falando da morte física que então também passaria a acontecer por causa do pecado que nos leva á morte (Espiritual e física) e nos trouxe o sofrimento até voltarmos ao pó! – Estando no mundo Adão e Eva tiveram Caim e Abel e já no início da sua descendência vemos as consequências da falta de obediência do passado de Adão e Eva, inveja, ódio e assassinato, onde Caim mata Abel porque teve inveja e ódio do irmão!

“Portanto, como por um homem entrou o pecado NO MUNDO, e pelo pecado A MORTE , assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.” (Rm 5:12)

Embora a humanidade sofra por estar debaixo deste julgamento, Deus nunca é a causa da maldade, a Bíblia deixa isso muito claro. Aqueles que atribuem a Deus a culpa por coisas tais como assassinatos e terrorismo estão blasfemando Ele. “Vocês que têm bom senso, ouçam! Será que Deus faria alguma coisa errada? Será que o Todo-poderoso cometeria injustiças? (Jó 34:10) Se você tem passado por provações, esteja certo de que Deus não é o culpado disso. “Quando alguém for tentado, nunca diga: “Esta tentação vem de Deus”. Pois Deus nunca pode ser tentado pelo mal, e ele próprio nunca tenta alguém.” (Tiago 1:13). Jesus nos deixou bem claro que neste mundo existe o “príncipe do mundo” (Satanás) “Não tenho muito tempo mais para falar com vocês, porque o príncipe deste mundo esta se aproximando. Ele não tem nenhum poder sobre mim.” (João 14:30) – O mundo é dominado, e governado por Satanás/maligno “Nós sabemos que somos filhos de Deus e que o mundo todo ao nosso redor está sob o poder e o domínio do maligno.” (1 João 5:19). O maligno exerce controle sobre a terra “Porque nós não estamos lutando contra gente feita de carne e sangue, mas contra os poderes e autoridades (principados e potestades), contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.” (Ef 6.12). E Satanás é chamado de o deus deste mundo de pecados e ele torna as pessoas cegas para não verem a luz do evangelho. “Satanás, o deus deste mundo pecaminoso, o fez cego, incapaz de ver a luz do evangelho da glória de Cristo, que mostra como Deus realmente é.” (2 Co 4.4)

E por que Deus não corrige o erro cometido por Adão e Eva? Ele já fez! Deus se preocupou com a sua, a minha dor, se envolvendo com ela. Ele próprio esteve envolvido nesta agonia, Ele próprio suportou a dor do mundo. A melhor maneira de lidar com a dor alheia é penetrar nela. Foi então que Deus ofereceu Seu Único filho, Jesus Cristo que veio ao mundo em forma de humano e sofreu toda a dor, toda humilhação para nos dar o direito de morar com Ele eternamente! Em Cristo nós podemos ser absolvidos através do livre perdão, pela misericórdia de DEUS, Ele ainda aceita a vida de quem busca a Ele. Jesus também sofreu com o peso da cruz. Se servir a Deus garantisse a imunidade contra todo e qualquer sofrimento, então TODOS iriam querer servi-lo, mas poucos o fariam por amor e por fé, não seríamos movidos por sentimentos genuínos. O fato de Deus existir, não significa que é condição para minimizar ou deixar de existir o sofrimento, se a raça humana não obedecesse ao pecado o mundo seria um paraíso e Satanás totalmente fracassado. O pecado da desobediência arruinou a humanidade, se obedecêssemos a Deus já estaríamos salvos e nem precisaria de Jesus vir ao mundo e passar por tudo que passou para nos salvar!

Deus nos deu livre arbítrio, temos liberdade de decisão; É claro que Deus por ser Onipresente está em todos os lugares e momentos de nossa vida, porém, Ele jamais irá interferir em nossas atitudes, pois a nós foi dado o livre arbítrio (Poder de escolher), somente quando for prestar contas das próprias ações (Dia do Julgamento Final), ai sim sofrerá as consequências das próprias decisões. Se Ele fosse intervir toda vez que fizermos as escolhas erradas, estaria pondo um fim definitivo à liberdade de decisão de cada um. O sofrimento deve nos conduzir ao arrependimento, infelizmente a maioria das pessoas sempre aprende do modo mais difícil.

Deus sussurra em nossos prazeres, fala em nossa consciência, mas grita em nossas dores. É um megafone para despertar um mundo surdo!

Nós somos vitimas de nós mesmo e não de Deus! As tragédias continuam acontecendo por que os humanos estão mergulhados no pecado! O mundo está corrompido, o homem\mulher, estão vazios, secos, descrentes, egoístas, frios, só se preocupam com riquezas, dinheiro, prostituição, não se satisfazem com sua esposa, muita libertinagem. Quem pratica as crueldades são os homens que se julgam superiores a Deus, são instrumentos do mal. O erro do ser humano é colocar a culpa em Deus por erros que o próprio homem comete. Deus disse: Não matarás, os homens matam! A culpa é de Deus? – Deus disse: Ame ao seu próximo, os homens só fazem coisas ruins para o próximo…A culpa é de Deus? Deus disse: Não roubarás, os homens roubam! A culpa é de Deus? Deus disse: Não cobice as coisas do próximo…As pessoas vivem invejando tudo…A culpa é de Deus? Mas e quanto aos desastres naturais, estes também são por causa do homem? Sim! Deus não polui as águas, não joga lixo nos rios causando enchentes, Deus não constrói as casas das pessoas nas encostas, Ele não provoca aquecimento global, não polui o ar, não faz queimadas e desmatamentos. Ai você pergunta e os terremotos, pois é, o que muitos não sabem é que o homem também contribui para isso…em muitos casos algumas atividades humanas aumentam o risco de terremotos, ou os desencadeiam. (Onde as barragens artificiais, fazem uma pressão forte sobre a crosta terrestre. Os depósitos de resíduos injetam líquidos no interior da Terra que gera pressões – É só pesquisar!)…Então a culpa é de Deus? (Muito pelo contrário, Ele nos deu tudo isso, em muito bom estado, o homem é que vem destruindo seu habitat!)

Se você esta achando ruim saiba, vai piorar! É através dos pecados do homem que cada profecia da Bíblia vai se cumprindo na terra, se não tivesse pecado como as profecias se cumpririam? Jesus disse que tudo isso iria acontecer. “Porque muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo!’, procurando enganar muitas pessoas. Quando vocês ouvirem falar de guerras e rumores de guerras, não tenham medo; elas devem vir, mas ainda não é o fim. As nações e os reinos da terra se levantarão uns contra os outros; haverá fome e terremotos em muitos lugares. Mas tudo isso será apenas o princípio dos horrores futuros.” (Mateus 24:5,8)

“E haverá grandes terremotos, fomes e epidemias de doenças em vários lugares da terra, e coisas terríveis com grandes sinais acontecendo nos céus.” (Lucas 21:11)

Este é um mundo de expiações e de provas o sofrimento faz parte do crescimento da humanidade. As cruzes existem e sempre irão existir! E enquanto existirem homens maldosos, pessoas boas e inocentes sofrerão. O próprio Jesus que é Deus em forma humana, foi pobre, teve sede e lhe deram vinagre para beber, Jesus também conheceu a dor dos espinhos na sua carne! Imagine se Ele curasse toda doença, impedisse todas as armas de dispararem e todos os acidentes de acontecerem, se tornasse a vida um “mar de rosas” para nós, com certeza jamais entenderíamos o quanto o pecado é cruel e o mundo nem se lembraria de Deus. Se não houvesse dores e lágrimas ninguém buscaria a Deus. É importante saber que Deus sente compaixão quando você passa por uma situação difícil. Ele não é indiferente, Ele detesta a maldade e o sofrimento. “Há seis coisas que o Senhor odeia, e uma última que ele simplesmente detesta: olhos arrogantes, a língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, o coração que só pensa em fazer o mal, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que profere mentiras para prejudicar alguém, e o que espalha discórdia entre irmãos.” (Provérbios 6:16,19)

Mas, Se a Bíblia Diz Que Cristo Levou Todas as Nossas Enfermidades, Então Por que Ainda Ficamos Doentes?

É muito comum ouvir o seguinte questionamento: “Se Cristo carregou sobre si as nossas enfermidades, então por que ficamos doentes?”

“Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados” (Isaías 53:4,5)

Este verso deve ser entendido à luz da própria Bíblia. O primeiro sentido desse texto é que o Messias suportaria as consequências de nosso pecado (enfermidades e dores), bem como o pecado em si (transgressões e iniquidades). Seu sofrimento por nós trouxe cura.

É muito comum ouvirmos alguns crentes afirmarem que o cristão que está doente não deve aceitar essa condição porque Jesus levou lá na cruz todas as nossas enfermidades e, por isso, o crente não deve ficar doente.

Segundo muitos esse texto “Isaias 53:4”, seria o embasamento de que o crente que está doente está em pecado ou está com uma fé “pequena” ou falta de fé, por isso, precisa exercer a sua fé com mais firmeza, pois essa doença foi levada por Cristo lá na cruz e não deveria acontecer na vida desse crente.

Mas, o texto está falando de doenças físicas?

A obra de Jesus pode sim repercutir positivamente em nosso físico, porém, o contexto nos indica que os benefícios curativos da morte de Cristo tem um alvo muito mais espiritual que físico.

O versículo cinco desse mesmo texto de Isaías diz: “Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” (Isaias 53:5)

Note que as “doenças” citadas no contexto são as transgressões e iniquidades, que apontam para o ser humano afundado no pecado. Jesus foi traspassado e moído por causa dessas doenças (nossos pecados) e não de doenças físicas. Note ainda que essa obra curativa de Jesus sobre essas nossas doenças nos tornou “sarados”. A ênfase aqui não é em problemas de saúde do nosso físico, mas do nosso espírito. Jesus nos sarou das consequências de nossa pior doença (o pecado).

É claro que aquilo que está em nosso espírito pode repercutir no físico, mas isso não significa que a Obra de Jesus foi para nos livrar de todas as doenças físicas e que nunca deveríamos ficar doentes fisicamente.

Todos os personagens da Bíblia morreram fisicamente/matéria/corpo e tem os que ficaram enfermos também.

Então, o crente que tem Diabete, Hipertensão, Câncer, Crise Renal, Problema no Coração, Vírose – Estão tudo com falta de Fé?

Na Bíblia todos os apóstolos que ficaram enfermos, adoeceram e morreram foi por falta de fé?

Paulo ficou doente: “como sabem, foi por causa de uma doença que lhes preguei o evangelho pela primeira vez. Embora a minha doença lhes tenha sido uma provação…” (Gálatas 4:13,14)

A Bíblia nos diz claramente que no mundo teremos aflições. “Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”. (João 16:33)

Neste mundo não existe felicidade eterna, aqui apenas teremos momentos felizes, a dor a tristeza e a mistura de sentimentos sempre estarão presente em nossas vidas.

É na dor que lembramos do nosso Criador!

“Não existe nenhuma religião, não existe nenhuma filosofia, onde o Ser mais Poderoso de todos, escolhe o sofrimento como movimento de se aproximar da Sua criação!”

Vivemos nesse mundo, mas não somos desse mundo (João 17:14). Então estamos sujeitos a tudo.

Ainda que pela nossa , Deus opere muitos milagres em nossa carne, ainda assim o todo o movimento de Deus para com o homem é espiritual.

“Todos partilham um destino comum: o justo e o ímpio, o bom e o mau, o puro e o impuro, o que oferece sacrifícios e o que não oferece. O que acontece com o homem bom, acontece com o pecador; o que acontece com quem faz juramentos, acontece com quem teme fazê-los” (Eclesiastes 9:2)

A Bíblia é um LIVRO e todo livro tem Começo, Meio e Fim. A Bíblia não é feita de versículos Isolados!

É preciso ler os textos para entender seu contexto, pois…

TEXTO fora de CONTEXTO vira PRETEXTO para HERESIAS!

Este mundo é temporário, não é eterno, tudo isto um dia vai acabar, e haverá um lugar sem dor, sem morte e sem a existência do mal, para aquele que seguir o caminho de Deus, sendo fiel e obediente no último dia terá salvação e vida eterna. Está escrito na Bíblia! – “Eu ouvi um alto brado que vinha do trono, dizendo: “Atenção, a morada de Deus agora está entre os homens, e ele morará com eles e eles serão o seu povo; sim, o próprio Deus estará entre eles e será o seu Deus. Ele enxugará todas as lágrimas dos olhos deles, e não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor. As coisas antigas já passaram.” (Apocalipse 21:03-07)

O coração do homem é enganoso, todos sabem! Se fossemos sábios Reconquistaríamos o amor Perdido, o Perdão Esquecido, a Paz Inalcançável, a Humildade Ignorada e a Bondade Corrompida…

Deus Abençoe á Todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

VOCÊ DESEJA LER E ENTENDER A BÍBLIA, PORÉM TEM DIFICULDADES PARA COMPREENDER OS TEXTOS? AGORA VOCÊ JÁ PODE INICIAR SUA LEITURA BÍBLICA DE LINGUAGEM FÁCIL E DE SIMPLES COMPREENSÃO 😉 É DE GRAÇA 😄 PARA INICIAR BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO👇