“Não Preciso ir na Igreja Para Estar com Deus!” Será mesmo?

Eis as frases do século:

  • “Para viver uma vida com Deus, eu não preciso ir à Igreja!”
  • “Avançamos, nossa cultura permitiu uma evolução da vida espiritual, onde não dependemos mais de Igrejas, Irmãos, Lideres (Pastores, Anciãos).”

Muitos também dizem “A igreja somos nós! Eu, Você, cada um é sua própria igreja!”

Na verdade você (o seu corpo) é o TEMPLO do Espírito Santo, seu corpo é a morada de Deus “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo…” (1 Co 6:19). Já a igreja é o Local de culto, é onde devemos nos reuir com nossos irmãos! A igreja é também chamada de “Casa de Oração”. Veja!

As Escrituras dizem: ‘A minha casa será chamada casa de oração” (Mt 21:13) 

E a Palavra de Deus nos incentiva para nos reunirmos e juntos buscar a face de Dele. “Pois onde dois ou três se reunirem em meu nome, eu estarei ali no meio deles”. (Mateus 18:20).

Qual então melhor lugar para nos reunimos, além das Casas de Oração/Igrejas? Bom de qualquer forma neste texto explicativo chamarei as “Casas de Oração de Igreja!”.

Mas, será que essas pessoas que tem esta falta de compromisso em frequentar a igreja realmente conhecem Deus? – Para conhecer Deus, é necessário conhecer o Seu caráter, os Seus princípios eternos, os Seus mandamentos, a Sua vontade. E isso leva um tempo para aprender. A igreja é o corpo de Cristo, e a Palavra de Deus, fala muito em (ESTAR NO CORPO).

o-corpo-de-cristo-entendimento-visual

“Nossos corpos têm muitos membros, porém esses muitos membros formam um só corpo. Assim acontece com Cristo. Cada um de nós é um membro desse corpo único de Cristo…” (1 Coríntios 12:12-13) – “Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.” (1 Coríntios 12:14)

Assim como todos os nossos membros no corpo humano é essencial para seu bom funcionamento, assim também somos como membro no corpo de Cristo, cada um é fundamental para seu funcionamento, cada um exerce um papel importante:

“Pois tal como existem muitos membros em nosso corpo, e esses membros têm um trabalho diferente a executar, assim também é com o corpo de Cristo. Todos nós somos parte dele, e cada um de nós é necessário para fazê-lo completo…” (Romanos 12: 4 e 5)

É claro que qualquer membro só poderá estar vivo e ativo se estiver ligado ao corpo, é indispensável estar conectado ao corpo (Igreja, Cristo).

O que acontece quando uma parte é amputada do corpo?

Ela logo apodrece, morre, se degenera. Para poder viver e crescer, você precisa ser uma parte integrada a este corpo. Por isso todo crente tem que estar ligado à igreja. Foi assim que Deus projetou o nosso corpo físico, e assim também projetou o corpo de Cristo.

“Ora, o corpo não é feito de um só membro, mas de muitos. Se o pé disser: “Não sou membro do corpo porque não sou mão, nem por isso deixa de ser um membro do corpo. E que pensariam vocês se ouvissem uma orelha dizer: “Não sou membro do corpo, porque sou apenas uma orelha, e não olho. Será que isso a faria menos parte do corpo?” (…). “Entretanto, Deus criou muitos membros para os nossos corpos e colocou cada um desses membros conforme Ele quis. Que coisa esquisita seria um corpo, se tivesse somente um único membro!” (…). O olho não pode dizer á mão: Não preciso de você. A cabeça não pode dizer aos pés: Não preciso de vocês.” (I Coríntios 12: 14, 16, 18,19 e 21).

Pense no seu corpo humano, agora pense nos seus membros (mãos, pés…), é assim que a Bíblia se refere ao Corpo de Cristo, tudo vivo, conectado e ligado á Ele! Não é somente “eu e Jesus”. É “nós e Jesus”. Na igreja o todo é maior que as partes. Como um corpo, a igreja tem muitas partes, cada uma delas com uma função importante para Deus.

“Isso produz harmonia entre os membros, não havendo divisão no corpo. Todos os membros têm o mesmo interesse uns pelos outros. Se um membro sofrer, todos os outros sofrem com ele, e se um membro for honrado, todos os outros se alegram com ele. Eis o que eu estou procurando dizer:

“TODOS VOCÊS JUNTOS SÃO O CORPO DE CRISTO, E CADA UM DE VOCÊS É UM MEMBRO SEPARADO E NECESSÁRIO DESSE CORPO.” (I Coríntios 12: 25 á 27).

A igreja, como corpo de Cristo, está viva com o Espírito de Cristo. A Bíblia fala da igreja como a noiva de Cristo. O Senhor enxerga nela uma beleza cada vez mais radiante; Partilha com ela de amor e intimidade profundos. A igreja é mais preciosa para Cristo do que a esposa para seu esposo. Jesus é o nosso cabeça, o templo é o lugar onde podemos dar testemunho das maravilhas que Deus tem feito na vida de cada um. É através da Igreja que somos batizados nas águas, como mandou o Senhor Jesus, reunidos na presença do Senhor em união e em uma só comunhão, tomamos a Santa Ceia, ouvimos á Sua Santa Palavra, louvamos, oramos em comunhão, nos alegramos juntos. “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!” (Salmos 133:1).

Como podemos condenar um ministério se ainda não apreciamos? Qual a maneira de achar pessoas reunidas em nome de Deus? Estando em comunhão com os irmãos (a igreja). Não adianta você só acreditar e ter fé em Deus. “Pois onde dois ou três se reunirem em meu nome, eu estarei ali no meio deles.” (Mateus 18:20). Quando entendemos verdadeiramente o propósito de irmos à igreja, isso se torna prazeroso.

“Mais vale passar um dia no seu templo que viver mil dias em qualquer outro lugar. Prefiro ficar humildemente á entrada da casa do meu Deus á viver nas casas dos maus.” (Salmos 84: 10)

Na igreja Deus nos oferece o que é necessário para entrar no seu Reino, Deus deseja que nós perseveremos na fé uns com os outros. “E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos à caridade e às boas obras. “Não descuidemos dos nossos deveres na igreja, nem das suas reuniões, como algumas pessoas fazem, mas animemo-nos e nos admoestemos (Advertir) uns aos outros, especialmente agora que o dia da sua volta está se aproximando (Hebreus 10:25)”.

Não ter comunhão com os irmãos é ser como uma brasa fora do braseiro, ela esfria e apaga!

Quando se nega ir ao templo de Deus, será que não está mais interessado em seguir o seu gosto do que em obedecer a Deus? Se o Próprio Jesus e seus discípulos iam às sinagogas (igrejas, templos), então neste caso o que lhe diferencia Dele? Jesus frequentava o templo. “E ensinava nas suas sinagogas, e por todos era louvado.” (Lucas 4:15). (Sinagoga: Lugar onde se reúnem os israelitas para o exercício do seu culto).

Sabe quando em muitas vezes uma pessoa que no princípio parece antipática, depois se revela um grande amigo. É o que está acontecendo entre Você e a Igreja. Aproxime-se dela sem preconceitos, e verá como vão se abrir novos horizontes na sua vida. “Jesus lhe respondeu: Eu falei abertamente ao mundo; eu sempre ensinei na sinagoga e no templo, onde todos os judeus se ajuntam, e nada disse em oculto” (João 18.20). O povo de Deus costumava se reunir nos templos, em salas especiais, até nas cavernas, para louvar o Senhor e ouvir a Palavra. “E cumprindo-se dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar…” (Atos 2:1). O próprio Cristo afirma que “…e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16:18). A igreja faz parte do plano de Deus para aqueles que querem ser melhores na caminhada espiritual.

Se você acredita em Jesus e diz que O ama, a vida com as pessoas da Igreja é essencial para moldar e desenvolver o caráter cristão. Para se acreditar em Deus não precisa ir à igreja. Mas para ficar mais “perto” Dele espiritualmente sim! E mesmo que você tenha o hábito de ler a Bíblia, tenho certeza absoluta que “dificilmente” você vai se dedicar aos estudos e leitura da Bíblia e sozinho irá conseguir entende-la!

Você pode se aperfeiçoar por correspondência? É como dizer que você não precisa estar numa escola para estar vivendo uma vida de conhecimento ou se crê mesmo em Deus e não quer ouvir do que Ele pensa? Quando visitamos a casa de Deus, é o primeiro passo para sairmos do nosso orgulho. Antes de descartar ou desprezar a igreja na sua vida, é importante ver o que Deus diz a respeito dela. Se tomar consciência disso poderá dizer como o Salmista: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos á casa do Senhor.” (Salmos 122:1)

A “Modinha” dos que se dizem “Desigrejados”

Esse é um argumento muito usado por quem não quer se reunir com os irmãos nas casas de oração, alegando que a igreja somos nós!

Agora pense: Com este argumento a pessoa está negando a sí mesmo e se definindo como um “rebelde desigrejado”, ou seja, está negando claramente ser a “Noiva de Cristo”. “Desigrejado, Deserdado, Separado, Rebelde”

Não existe em nenhum lugar da Bíblia qualquer incentivo para que as pessoas sirvam a Cristo longe de Sua igreja, o que acontece é que muitas pessoas pela falta de compromisso que têm com o Evangelho de Cristo, defendem que a igreja não é algo importante e fundamental na vida do verdadeiro cristão. Isto é ignorância!

“Pois a sabedoria vale mais que pedras preciosas; você pode imaginar qualquer tipo de riqueza, mas isso não pode se comparar ao valor da sabedoria.” (Prov. 8:11)

“Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e aprender no seu templo.” (Salmos 27:4). Nossa alma necessita da presença de Deus e, o culto preenche esse espaço, além de ser um lugar propício para aprendermos mais de Deus.

Vá à igreja com reverência para prestar um culto de adoração ao Senhor e para ouvir e aprender. “Guarda o teu pé, quando entrares na casa de Deus; e inclina-te mais a ouvir do que a oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal.” (Eclesiastes 5:1)

Enquanto diz “NÃO”, outros estão indo á igreja e saindo com sua porção, estão com a botija cheia de azeite e a cada “NÃO” você só está atrasando suas bênçãos, pois em muitas situações Deus quer sim lhe dar as suas bênçãos, mas será que você está realmente preparado (Segundo os desígnios de Deus) para recebê-las? E recebendo-as você terá o zelo necessário para com elas? – Se para aqueles que estão dentro da igreja já correm o risco de não ser Salvo, imagina para quem está fora da igreja? Sem ir á igreja fica difícil caminhar segundo os conselhos e vontades de Deus, pois o homem é falho!

Há certos caminhos que parecem perfeitos ao homem, mas quem os segue acabará encontrando á morte. (Provérbios 14:12)

Você vai na casa de seus amigos? Então, se você é amigo de Deus vai na casa Dele!

“Deixem para trás a insensatez e vocês viverão de verdade. Venham andar pelo caminho do entendimento!” (Prov. 9:6). “Quem dá valor á sua própria vida procura se tornar sábio; quem usa bem o seu entendimento prospera.” (Prov 19:8)

LEMBRE-SE: A IGREJA É UM LUGAR PARA PESSOAS IMPERFEITAS!
A Igreja é o Hospital de Almas!

Infelizmente nos dias atuais se tornou comum ouvirmos a frase: “Me decepcionei com a Igreja! – Os seus líderes e os crentes são todos hipócritas!” O problema é que se tornou comum este pensamento ou desculpa entre as pessoas. Mas procurar pessoas perfeitas dentro da igreja de Deus é como chegar em um hospital e falar: “Não aceito ninguém doente aqui!”. Ora, quando você não gosta de um médico, você vai pra outro. Com a igreja, se uma lhe decepcionou por algum motivo, não significa que todas são assim. Nada disso! Outras igrejas, apesar de não serem perfeitas ou não terem as pessoas perfeitas, com certeza caminham em busca da Palavra de Deus, com o coração cheio de fé e desejo de agradá-lo.

Deus veio buscar aquele que está perdido! A igreja é um pronto socorro onde você encontra pessoas de todo tipo. E na Bíblia não é diferente, lá vemos muitos exemplos de pessoas imperfeitas e também tinha quem se considerava imperfeito para um mundo que só aceita os “fisicamente perfeitos!” Lembre-se: Jacó era trapaceiro, Pedro era genioso, Davi foi infiel, Noé se embriagou, Jonas fugiu de Deus, Paulo era assassino, Gideão estava inseguro, Marta angustiada, Tomé era incrédulo, Sara impaciente, Elias estava deprimido, Lázaro estava morto, Moisés gaguejava, Zaqueu era pequeno, Abraão era velho.

Sim! A igreja é um lugar de pessoas imperfeitas, caso contrário não precisaríamos de Jesus!

Nós somos humanos e não perfeitos….O Único Perfeito que pisou nesta terra foi Jesus! Agora se um ministério te decepcionou, nada te impede de visitar outra Igreja! Até mesmo porque quem sai da igreja por causa das pessoas, nunca esteve lá por causa de Deus…Quem matou Abel? Seu irmão! Quem vendeu José? Seus irmãos! Quem expulsou Jefté? Seus irmãos! Quem teve inveja de Davi? Seus irmãos! Quem não ficou contente com a volta do filho pródigo? Seu irmão! E todos foram abençoados por Deus. Portanto, não pare, não desista, TEU NEGÓCIO É COM O PAI E NÃO COM OS IRMÃOS! Mude a rua, mude o bairro, mude o estilo! Só uma coisa: você não vai encontrar a Igreja perfeita. Sabe por quê? Pelo mesmo motivo que sua família não é perfeita, sua profissão não é perfeita, seus relacionamentos não são exatamente perfeitos, VOCÊ não é perfeito! Algumas igrejas realmente são falhas até demais, porque como diz a Bíblia, muitos pecam porque FALTA CONHECIMENTO DE BÍBLIA!

Sinto muito se você pensa que pode ser cristão em casa, sem congregar.
A Bíblia ensina batizar, cuidar, exortar, disciplinar, e sozinho ninguém faz isso. Sim, você é o templo de Deus, mas não é igreja sozinho. A igreja é o corpo e Cristo é a cabeça. Um galho solto não faz parte de uma árvore. Congregue em uma igreja bíblica, e tenha paciência com os irmãos como Cristo tem com você. Lembre-se que nem Cristo andava sozinho, Ele estava sempre reunido com seus discípulos.

Encontre uma igreja com princípios fundamentados na Palavra, e se esforce para fazer a diferença nela, no que você puder. Além do que, você não vai à igreja atrás do homem, e sim de DEUS! “Jesus respondeu-lhes: São os doentes que precisam de médico, não aqueles que têm boa saúde. Meu propósito é convidar os pecadores a se arrependerem dos seus pecados, e não aqueles que se acham muito justos”. (Lucas 5:31)

Oh! Quanta perfeição no propósito de Jesus, os “SÃO” (bom) não precisam de médico, e sim os doentes e Ele NÃO veio chamar os que se julgam perfeitos, mas SIM os pecadores ao arrependimento! Deus é o oleiro e nós somos a argila em suas mãos, Deus não chama os qualificados, Ele qualifica e capacita os imperfeitos! Quando você diz “NÃO”, você não está dizendo “Não” para mim ou propriamente para Deus, na verdade você está dizendo “NÃO” para você mesmo, pois lá na frente você responderá pela sua Alma, pelas atitudes e decisões tomadas hoje!

“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.” (Apocalipse 2:7)

Jesus é a Transformação!

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

*** CLICK AQUI E ESCOLHA UM OUTRO TEMA PARA LER EM NOSSA PÁGINA INICIAL ***

VOCÊ DESEJA LER E ENTENDER A BÍBLIA, PORÉM TEM DIFICULDADES PARA COMPREENDER OS TEXTOS? AGORA VOCÊ JÁ PODE INICIAR SUA LEITURA BÍBLICA DE LINGUAGEM FÁCIL E DE SIMPLES COMPREENSÃO 😉 É DE GRAÇA 😄 PARA INICIAR BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO👇

Imagem

O que é SEITA (Religião sem Deus)?

Os discípulos de JESUS, também foram considerados uma seita em sua época.

“Verificamos que este homem é um perturbador, que promove tumultos entre os judeus pelo mundo todo. Ele é o principal cabeça da SEITA dos nazarenos.”
(At 24:5)

Pessoas tendem á definir que X igreja é uma seita, quando querem que a mesma mude seus ensinamentos e passem a ensinar do modo que eles querem! De acordo com as doutrinas deles e seguindo suas interpretações bíblicas.

Acabam que todos andam em círculo um falando do outro e que só eles (os da igreja contra sua doutrina) é quem interpreta a Bíblia corretamente! E quem pensa diferente deles está errado e se torna uma seita!

Observe: Para os Judeus o cristianismo inteiro é uma seita, para os católicos todos que não são católicos pertencem às seitas e para cristãos evangélicos ou cristãos unicistas são os outros que são seita e por fim, todos não se consideram como membros de uma seita. (Unicistas = Quem prática de adoração a um só Deus e nega a existência da Trindade – Pai, Filho e Espirito Santo).

Atualmente, o termo “seita” é usado livremente pelos escritores de temas religiosos, por críticos literários e outros, lançando ele como um bolo de lama contra quem quer que ofenda seu próprio tipo de sensibilidade religiosa. A palavra “seita” vem da mesma palavra grega que a palavra “heresia” e tanto “Seita” quanto “Heresia” são derivadas do termo Grego (HÁIRESIS), que significa: Escolha, partido tomado, corrente de pensamento, divisão… A palavra HERESIA quando foi traduzida para o latim, hairesis virou secta (Seita). Secta (significa seguir) significava em sua origem, qualquer grupo ou movimento cultural em busca de “chefia”.

Em palavras simples Seita é um grupo de pessoas que seguem as suas próprias ideias, suas próprias doutrinas! Seita: Doutrina que se afasta da opinião geral das pessoas, conjunto de pessoas que a seguem um líder é, por exemplo, uma comunidade “FECHADA”. Como entender esta questão:

Foi citada no Novo Testamento, quando o homem decide seguir suas próprias opiniões, criando novas doutrinas religiosas e seguindo novas seitas, como a dos saduceus e dos fariseus. “E, levantando-se o sumo sacerdote, e todos os que estavam com ele (e eram eles da seita dos saduceus), encheram-se de inveja.” (At 5:17).

Os Saduceus: Eles eram extremamente autossuficientes, ao ponto de negar o envolvimento de Deus na vida cotidiana. Eles negaram qualquer ressurreição dos mortos. Eles negaram qualquer vida depois da morte, defendendo a crença de que a alma perecia com a morte; eles acreditavam que não há qualquer penalidade ou recompensa depois da vida terrena. Eles negaram a existência de um mundo espiritual, ou seja, anjos e demônios.

Os Fariseus: Eles enxergavam a Palavra Escrita como inspirada por Deus. Eles acrescentaram tradições á Palavra de Deus, o que é totalmente proibido. “Declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhe acrescentar algo, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro. Se alguém tirar alguma palavra deste livro de profecia, Deus tirará dele a sua parte na árvore da vida e na cidade santa, que são descritas neste livro.” (Apocalipse 22:18-19). Eles tratavam tradições como tendo igual autoridade com a Escritura.

Uma seita, ela é aberta para qualquer pessoa participar?
Não… Geralmente ela é convidada e não é aberta a todos. A seita ela é formada por um grupo de pessoas, e não são todas as pessoas que tem acesso a elas…

Segundo dicionário uma seita segue “um líder”… Ai você pergunta se for assim os cristãos “todos” são seitas, pois seguem a Jesus? Neste caso o líder é “humano” com pensamentos “seus”. O termo “seita” é usado a grupos que seguem um líder vivo (de carne e osso), que promove doutrinas e práticas novas e não ortodoxas, ou seja, não religiosas. São normalmente grupos pequenos dos quais seus membros seguem uma única pessoa “carismática”, que muitas vezes se diz ser o próprio Deus ou Jesus encarnado.

Jesus respondeu: “Cuidado, que ninguém os engane. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo!’ e enganarão a muitos” (Mt 24:4,5)

Seita quer dizer separado de Deus, que não tem ligação com Deus e não exalta o Nome de Deus.

É aquela religião que NÃO prega o evangelho genuíno\verdadeiro, que não está de acordo com a Palavra de Deus. Uma seita é qualquer grupo que se afasta do ensino da Palavra de Deus para divulgar suas próprias ideias religiosas.

Cito como exemplo os casos de suicídio coletivo de 39 pessoas da seita Porta do Paraíso, onde o líder que se dizia ser a reencarnação de Jesus convenceu seus seguidores á cometer suicídio coletivo, onde eles acreditavam que todos tinham partido para uma nave espacial próxima ao cometa Hale-Bopp, visível somente aos terráqueos.

Sectarismo, Seita é a “devoção” a uma pessoa ou coisa particular. Por exemplo, tanto um partido político como uma torcida organizada de futebol poderiam ser classificados como “seita”, pois ambas tem seus seguidores.

Se uma X igreja prega o cristianismo, mas distorce a Palavra de Deus á favor de alguém, está sendo herética (Herética – Doutrina diferente aos dogmas\normas da Bíblia). Então a doutrina que não segue a Bíblia como Ela é, tem o título de seita! Seita refere-se a um grupo de pessoas e a Heresia indica as doutrinas anti-bíblica defendidas pelo grupo.

Temos exemplos de lugares em que fazem reuniões de portas fechadas, onde tudo ocorre de forma secreta. São lugares que não é aberto ao público, onde você só pode entrar se for convidado, isto também se caracteriza como seita!

Algumas Características Comum nas Seitas:

1 – Jesus não é o centro das atenções; Geralmente é uma doutrina contraria a de Cristo.

2 – Normalmente as seitas possuem outros deuses ou profetas e acabam colocando Cristo em segundo plano ou até mesmo pregam contra a existência de Deus;

3 – Tem outras fontes doutrinárias além da Bíblia e creem apenas em partes da Bíblia;

4 – Consideram inspirados os escritos dos seus fundadores, ou seja, alguém que escreve alguma coisa sem estar de acordo com a Bíblia, mas que seus seguidores os colocam no mesmo nível da Bíblia;

5 – Geralmente ensinam o homem a desenvolver sua própria salvação. (Exemplo do caso do suicídio coletivo citado acima)

Quando não se conhece um ministério, não se deve sair fazendo um julgamento segundo o que ouve terceiros falar, antes, é melhor seguir a orientação de Jesus e examinar os “frutos” deles? Disse Ele: “Pelos seus frutos os reconhecereis.” (Mt 7:16). O verdadeiro cristianismo não é uma seita! Se você pertence a uma igreja, então cabe á você examinar com cuidado o que sua igreja ensina, e quais os “frutos” que os membros dela produzem. Os ensinamentos estão inteiramente baseados na Bíblia? Eles pregam a respeito de Jesus e Seu plano de Salvação? Em vez de produzirem “Os Frutos do Espírito”, eles manifestam em abundância “as obras da carne”?

“Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto como antes já os adverti: Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos.” (Gálatas 5:19,24)

“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.” (Mateus 7:15,17)

Deus Abençoe á Todos!

OBS. A foto da postagem acima é de um ritual feito pela tribo Kuku-Kuku, localizada em Papua Nova Guiné na aldeia Koke. Os “corpos defumados de Aseki” como conhecido, são de seus antepassados, eles os preservam intencionalmente para ficarem expostos (enforcados numa “cadeira” de bambu) no alto de um penhasco. De fato, os locais acreditam que os mortos são seus protetores. O corpo ficará lá no alto pendurado até que seus parentes decidam trazê-lo de volta para algum tipo de “celebração”. Esta aldeia recebe visitantes sem problema algum! Quer encarar? Além disso, tem outros detalhes que não vou citar aqui.  

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

VOCÊ DESEJA LER E ENTENDER A BÍBLIA, PORÉM TEM DIFICULDADES PARA COMPREENDER OS TEXTOS? AGORA VOCÊ JÁ PODE INICIAR SUA LEITURA BÍBLICA DE LINGUAGEM FÁCIL E DE SIMPLES COMPREENSÃO 😉 É DE GRAÇA 😄 PARA INICIAR BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO👇

MULHERES: Cobrir a cabeça com o “véu”, e ter cabelos longos é Bíblico?

O VÉU É UM SINAL DE PODERIO SOBRE A MULHER!

O véu é uma das ordenanças bíblicas, e algumas denominações ao redor do mundo ensinam que uma mulher não pode orar sem Véu sobre sua cabeça.

A história da igreja primitiva mostra claramente que as mulheres cristãs daquela época usavam o véu.

Tertuliano, um líder da igreja que viveu nos anos 160-222 DC, escreveu que não apenas mulheres casadas, mas também as virgens usavam o véu nas igrejas que foram estabelecidas na época apostólica.

Muçulmanas

Nas catacumbas [um conjunto de corredores e quartos subterrâneos debaixo da cidade de Roma onde se escondiam os cristãos], durante os tempos de perseguição, tinham muitos desenhos que revelavam isso.

Estes muitos desenhos nas paredes – demonstravam como as mulheres tinham a cabeça coberta com um véu. Ao longo da história muitas igrejas ensinam e praticam o uso do véu – temos o exemplo da igreja católica e também as mulheres mulçumanas.

Até 1960, a Igreja Católica Romana também fazia do véu uma doutrina. Atualmente, muitas igrejas evangélicas usam até hoje a doutrina do véu, no Brasil são mais de 8 denominações que usam o véu. Como por exemplo a Igreja Congregação Cristã no Brasil, umas das igrejas mais conhecidas por usar o véu, comumente chamada de a “igreja do véu”.

No Novo Testamento, em (1 Coríntios 11) o título já diz:

“COMO MULHERES DEVEM SE APRESENTAR NA IGREJA?”

A Primeira observação que fazemos é que em todas as igrejas onde as mulheres usam o véu, TODOS absolutamente TODOS sabem perfeitamente que usar ou deixar de usar o véu não condena ninguém ao inferno e também não impede a Salvação de ninguém! Mas, se é doutrina da igreja, então faça uso de véu!

Nos cultos onde mulheres usam véu, conforme está escrito na carta aos (1 Coríntios 11). Se diz assim:

“Mas quero que saibais que Cristo é uma cabeça de todo o homem, o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo. Todo o homem que ora ou profetiza, tendo uma cabeça coberta, desonra a sua própria cabeça. Mas toda Uma mulher que ora ou profetiza com uma cabeça descoberta, desonra a sua própria cabeça, porque é como se estivesse rapada. Por isso, é uma mulher não se cobre com véu, tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa indecente tosquiar -se ou rapar-se, que ponha o véu. O homem, pois, não desenvolva uma cabeça, porque é uma imagem e glória de Deus, mas uma mulher é uma glória do homem. (1 Coríntios: 11: 3 á 7)

Mulheres com véu
Diversas doutrinas e culturas

Para aquilo que é distinção entre o homem e a mulher, quanto a cobrir ou não a cabeça, devemos ter em mente, em primeiro lugar, que Paulo está se referindo aqui ao véu como um sinal de PODERIO“sinal de estar sob a autoridade de outrem”, ou seja, Cristo é “o cabeça de todo homem, o homem, o cabeça da mulher”. Por conseguinte, se a mulher deixa de usar o véu, ela está a assumir uma atitude de desonrosa insubordinação para o seu marido. Por outro lado, se o homem passasse a cobrir uma cabeça, ele estaria negando “ser ele a imagem e glória de Deus”.

(Poderio significa – grande poder/autoridade/ordenar/domínio)

Na analogia biblica sabemos perfeitamente que existe uma hierarquia espiritual de liderança na igreja – onde a mulher não lidera sobre o homem. O véu usado pela mulher traz claramente essa hierarquia espiritual.

E sabemos que essa ordem de hierarquia colocada por Deus, é uma ordem de PROTEÇÃO da mulher.

É preciso entender que essa “sujeição”“Poderio” aos anjos não tem ABSOLUTAMENTE NADA A VER com a capacidade da mulher, com a inteligência da mulher e com a garra da mesma de enfrentar as dificuldades da vida. Essa hierarquia dentro da analogia biblica é “ESPIRITUAL”

Paulo ensinou aos coríntios o padrão bíblico: “Quero, porém, que entendam que o cabeça de todo homem é Cristo, e o cabeça da mulher é o homem, e o cabeça de Cristo é Deus” (1 Coríntios 11:3)

Já durante a própria criação, Deus estabeleceu o homem como cabeça e a mulher como auxiliadora “Então o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda”. (Gênesis 2:18) – “Quem nasceu primeiro? Eva ou Adão? “Porque também o homem não foi criado por causa da mulher, e sim a mulher, por causa do homem” (1 Coríntios 11:9).

O fato de Eva ter sido enganada também é dado como razão para as mulheres não poderem ter autoridade espiritual sobre os homens.

“Porque primeiro foi formado Adão, e depois Eva. E Adão não foi enganado, mas sim a mulher, que, tendo sido enganada, tornou-se transgressora” (1 Timóteo 2:13,14)

E essa também é uma realização da analogia que a Bíblia nos coloca. Ou seja, é o marido como Cristo (cabeça da igreja) e a esposa como igreja (noiva de Cristo). Quando a esposa quer ser líder sobre o marido, ela está fazendo algo terrível – ela está praticamente dizendo que a igreja pode mandar em Cristo. Então vigiem pois esta analogia na Bíblia não é só uma ilustração. Ela é uma verdade que deve ser levada em suma importância.

“Porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da Igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo” (Efésios 5:23). O ensino pressupõe autoridade; E isso já foi designado antes mesmo do pecado original.

(Para Entender Melhor a Respeito de Liderança Entre Homem e Mulher na Igreja – CLIQUE AQUI)

A mulher que não faz uso do véu, está a desonrar diretamente a Cristo, visto que não esta reconhecendo a Ele a sujeição “O Cabeça do Corpo da Igreja”. Da mesma forma, é pregado que os homens desonrariam suas cabeças se cobrindo com um véu e também é desonrado para eles deixar de cortar os cabelos.

Vemos também em (Gênesis) que Rebeca ao encontrar Isaque (Seu noivo), se cobriu com o véu, um noiva para receber o noivo em sinal de respeito se cobre. Ali Rebeca não mostrou apenas uma prudência, ali ela disse claramente que como noiva se colocava em sujeição/poderio ao seu noivo. 

Nos dias atuais isso se remete a Igreja e Cristo, ou seja, a Noiva e o Noivo – A igreja é a noiva de Cristo!

“Rebeca também viu Isaque, desceu do camelo e perguntou ao servo: Quem é o homem que vem pelo campo ao nosso encontro? É meu senhor, respondeu o servo. ENTÃO ELA TOMOU O VÉU E COBRIU-SE . Depois do servo contou a Isaque Isaque levou a moça (Rebeca) para uma tenda de sua mãe Sara, e Rebeca tornou-se a sua mulher, e ele é amou; assim Isaque foi consolado após a morte de sua mãe. ” (Gênesis 24: 64 á 67)

Rebeca representou a noiva de Cristo que coloca o véu para receber seu noivo.

Deus em toda a Bíblia demonstra claramente seu desejo a respeito de uma hierarquia de lideranças. E o uso do véu deixa visível aos olhos de todos essa hierarquia – seguindo o exemplo de Rebeca.

O véu era sinal de recato e respeito, em seu tamanho era grande para envolver tanto o rosto quanto o corpo. Atualmente muitos argumentos que ouvimos são que na cidade de Corínto quem usava o véu eram as prostitutas e alegam que ali se tratava de uma questão cultural. 

A questão é que Deus não segue cultura e dentro da analogia da Bíblia vemos a questão do véu de forma perfeita. Assim como fez Rebeca.

“A moça era muito bonita e VIRGEM , isto é nenhum homem tinha tido relações com ela …” (Gênesis 24:16), veja Rebeca era donzela, ou seja, uma mulher com virtudes santa, e virgem, a quem varão nenhum tocou! – O véu na cabeça de uma esposa crente de Corínto simbolizava que ela estava sob a autoridade do marido e, portanto, em submissão a Deus.

Se perguntarmos para quem não segue esta doutrina este responderá que uma passagem foi escrita por causa dos costumes da época, das prostitutas que tinham a cabeça rapada. Mas, se perguntarmos à Palavra de Deus, veremos a resposta no próprio versículo “Por causa dos anjos” . Anjos não seguem uma moda, cultura ou costumes. E os anjos não mudaram desde então, embora essas coisas tenham mudado em nossa sociedade. “Assim, POR CAUSA DOS ANJOS, uma mulher desenvolve uma cabeça como sinal de que está sob autoridade”. (1 Coríntios 11:10). A mulher desenvolve sobre uma cabeça “Sinal” de poderio, por causa dos anjos!

A sociedade mudou, mas a recomendação do uso do véu CONTINUA!

A hierarquia biblica designada por Deus na Bíblia em nada tem a ver com a cultura da época.

Na hierarquia espiritual, os anjos são maiores do que os homens e estes por causa da mulher ter sido a primeira a pecar, ficaram sujeitas a eles, então, na hora em que homens e mulheres de Deus forem orar, elas precisam ter sobre as cabeças sinais visíveis dessa sujeição, através de dois tipos de véus: Um natural (cabelo) por causa da sujeição aos homens, que é o cabelo crescido e o outro é o véu de tecido branco, devido a posição superior dos anjos. É ordenamento e mandamento do Espirito Santo através do apóstolo Paulo.

Toda mulher que ora sem estes sinais sobre sua cabeça, desonra a sua cabeça (o homem) o homem que é a imagem e semelhanca da imagem divina e os anjos, que são superiores aos homens/varões. Portanto, transgride uma ordem, um mandamento e desonra a si mesma ao homem e aos anjos. Tudo isso começou lá em Gênesis com o pecado de Eva. A partir dali instituiu-se uma hierarquia espiritual.

“À mulher, ele declarou: “Multiplicarei grandemente o seu sofrimento na gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos. Seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará” (Gênesis 3:16)

(Para Entender Melhor a Respeito de “fica “A Mulher Está Sujeita ao Marido” e “Ele Te Dominará”? – Explicação Gênesis 3:16 – CLIQUE AQUI)

1 – Usar ou Não usar o véu, condena alguém ao inferno? Claro que Não!

2 – Agora? Onde na Bíblia diz que o Espírito Santo ‘NÃO’ se agrada do uso do véu ou que usar o véu é blasfêmia? Em lugar Nenhum, Nem Textos, Nem Contexto!

3 – Onde na Bíblia diz que Deus rejeita o uso do véu? Em lugar Nenhum, Nem Textos, Nem Contexto!

Toda igreja tem suas doutrinas! Não vejo nenhuma heresia que leve alguém ao inferno. Não há problema em usar o véu!

O uso do véu não afligem as leis de Deus, não é blasfêmia ao Espírito Santo e ainda demonstra claramente o respeito da mulher a Cristo em sujeição aos anjos e ao homem (Líderes Homens)

Não há problema para o que você está procurando. “Julguem entre vocês mesmos: Está certo uma mulher orar em público sem cobrir uma cabeça?” (1 Coríntios 11: 13)

É comum também o seguinte arguento: “Haaa mais o véu é um pano terreno! Então?eu pergunto o ritual do batismo também não é água da terra? O Pão e o vinho da Ceia também não provém de ingredientes da terra? Sabemos perfeitamente o quanto é importante na vida do Cristão estes Símbolos e o fazemos com prazer.

E em tudo sabemos que o sacrifício de Cristo foi suficiente, mais ainda assim seguimos tudo o que é Recomendado. Sabemos perfeitamente que o batismo não salva mais caminha lado a lado com a salvação. Sabemos que a Ceia também não salva, mas que fazemos para ser um memorial. E quem usa o véu também não está colocando nada sobre o sacrifício de Cristo e sim respeitando e demonstrando que ali se respeita uma hierarquia espiritual de liderança já estabelecida em toda a narrativa bíblica. Onde homem e mulher tem sua função.

Deus e Sua Palavra não mudam, a sociedade muda, a cultura muda, as leis dos homens mudam, mas Deus não muda. Deus não acompanha épocas!

1_ORgKTCUVhXRx1iR9klmjlQ

E Quanto ao fato de ter cabelos cumpridos e não cortar?

“Mas ter uma mulher com o cabelo crescido o é honroso, porque o cabelo foi dado em lugar do véu”. (1 Coríntios 15). Aqui é um problema natural, como uma verdade natural e honrosa, que é seu cabelo comprido. Segundo uma carta, mas o cabelo crescido e um substituto para quando não é estimado, orando ou profetizando.

Ao cabelo de acordo com o que está na Bíblia, é honroso para uma mulher deixar crescido e é diferenciado dos homens, mas o problema e que muitos críticos sem antes procurar saber de cada mulher o fato da mesma não cortar os cabelos julgam o que não entende e é comum ver uitos falarem com soberba sobre esse assunto arrotando ignorância com o intuito de ofender mesmo. Por exemplo: Tem irmãs que nunca cortaram o cabelo para alcançar um milagre ou porque passaram por alguma aflição e fizeram um voto na presença do Senhor de nunca mais cortar os cabelos (cada uma tem seu particular com Deus – ISSO É ENTRE A PESSOA E DEUS)

Se o apóstoo Paulo frisa que é honroso a.mulher ter cabelo crescido, então é porque Deus se agrada e quem é o caco de barro ou poeira arrogante pra ficar questionando o oleiro? Se a mulher fez o voto e Deus se agradou, quem é o homem para questionar?

O apóstolo Paulo explicou a respeito dos cabelos cumpridos porque ele conhecia o Velho Testamento que explica o que é cabelo crescido.

Deixamos a Bíblia explicar:

Quando um anjo aparece para a esposa de Manoá que era estéril e ali informou que ela seria mãe, veja a instrução do anjo: “O cabelo do filho que você vai ter nunca poderá ser cortado, porque ele será nazireu, servo de Deus, especialmente consagrado desde o nascimento…”(Juízes 13:5)

“E ele acabou contando tudo o que tinha em seu coração: Meu cabelo nunca foi cortado, disse ele, pois sou nazireu, especialmente consagrado ao Senhor, desde antes de nascer. Se cortarem o meu cabelo, perderei a força e ficarei tão fraco como qualquer outro homem.” (Jz 16.17)

“Ana fez este voto, dizendo: Ó Senhor dos exércitos, se olhar para o meu sofrimento e responder à minha oração dando-me um filho, então dedicar esse filho ao seu mundo; ele será seu por todos os dias que viver, e os seus cabelos e sua barba nunca são cortados “. (I Samuel 1.11)

É comum ouvirmos dizer, que ter cabelos compridos é honroso, mas que na Bíblia não foi dito nada para nunca corta-los. Será? – Na Bíblia esse voto é chamado de voto nazireu, onde o próprio Deus falou deste voto para Moisés: “(…) Um voto especial de nazireu, Isto é, de dedicar-se ao Senhor de uma maneira especial…” (Números 6:2)
“Durante todo o período do seu voto de nazireu não poderá cortar o seu cabelo, por que essa pessoa é consagrada e separada para o Senhor. Por isso deve deixar crescer livremente o cabelo.” (Números 6:5)

Em primeiro lugar, notemos que o mandamento acima foi dado diretamente por Deus: “Falou o Senhor a Moisés”. Seja o que for que o texto apresente, agradável ou não para nós, em concórdia ou não com a nossa teologia, é a Palavra de Deus, viva, eficaz e acima de tudo INERRANTE. Portanto:

a) – O próprio Deus instituiu o voto de nazireu;
b) – O voto se estendia tanto a homens como a mulheres;

E tem sempre aquele pra dizer assim: “Mas isso está no Velho Testamento isso era na época da Lei e agora vivemos na Graça!” Bom! Nenhuma mulher deixa os cabelos crescidos por causa da Lei Mosaica, como alguns sugerem, cada uma tem seu testemunho, sua particularidade com Deus para hoje estar separada desta forma para o Senhor!

Então os homens deveriam também ter os cabelos crescidos? E ai que entra o Novo Testamento, onde cita somente “MULHERES” em 1 Coríntios 15. A Bíblia se contradiz? Não! Pois procura-se observar somente o que esta registrado no Novo Testamento.

“Como você é linda minha querida! Ah, como você é linda! Seus olhos, por trás do véu, são como os olhos de pombas. Os seus cabelos caem sobre o seu rosto como um rebanho de cabras descendo pelos morros de Gileade.” (Cântico 4:1) “Os seus lábios são como uma tira de pano vermelho; e a sua boca, como é benfeita! As suas faces, por trás do véu, são como as metades de uma romã.” (Ct 4:3). O véu criado por Deus lá no Éden, permanece como adorno natural.

Do que adianta discutir se Adão e Eva morderam pera ou maçã? Se a pessoa se sente bem estando separada dessa forma para Deus, não cabe a ninguém julgá-la por isso e se a Bíblia em todo o seu contexto não proíbe, então é melhor começar a se preocupar com o seu vizinho que deve estar passando por alguma necessidade e precisando ouvir falar da Palavra de Salvação! Ou será que Deus se incomoda com quem esta se preocupando em agradar Ele? Sendo costume, cultura da época ou doutrina. Não nos cabe a julga-las por isto!

“Mas Jesus disse: “Deixem-na em paz; por que criticá-la por haver feito uma coisa boa?” (Marcos 14:6)

OBSERVE ALGUMAS IGREJAS AO REDOR DO MUNDO QUE FAZEM USO DO VÉU!

1 – IGREJA DO ORIENTE

Assírios

Também conhecida como Igreja Assíria ou de Igreja Nestoriana. È originária do Cristianismo estabelecido historicamente no Iraque e Pérsia. Tinha sede em Susa, no Irã e durante parte da idade média foi a maior denominação cristã, com cerca de 60 milhões de membros, mas devido as perseguições possui atualmente cerca de 200 mil membros, a metade no Iraque. Possui sede em Chicago. Batiza adultos e crianças por imersão, comunhão e ambas espécies. Os padres e recentemente os bispos são permitidos casarem. Rejeitam o culto aos santos e ícones. Sentam separados no culto, saúdam com ósculo santo, as mulheres usam véus.

2 – IGREJA EVANGÉLICA ÁRABE – IGREJA EVANGÉLICA ARMÊNIA – SÍNODO EVANGÉLICO COPTA DO NILO – ASSEMBLEIA PENTECOSTAL IRANIANA

Cristãos ortodoxos coptos freqüentam uma missa enquanto celebram o domingo de Páscoa em uma igreja no Cairo, 23 de abril de 2011. REUTERS / Asmaa Waguih (EGIPTO - Tags: RELIGION SOCIETY)

Na década de 1830 missionários presbiterianos ingleses e americanos iniciaram a evangelização entre árabes, assírios, armênios e coptas (COPTA é uma igreja cristã que não está em comunhão com a Igreja Ortodoxa nem com a Igreja Católica. É a igreja cristã nacional do Egito, Copta significa egípcio! É uma das igrejas da Ortodoxia (doutrina) Oriental mais antigas do mundo. Durante a I Guerra esses cristãos foram duramente massacrados e dispersos. Nessa época houve um avivamento (despertamento) com sinais de glossolalia (Glossolalia – É falar línguas desconhecidas, dia de Pentecostes) na Armênia e na colônia Assíria-Iraniana de Chicago. Hoje há cerca de 500.000 cristãos evangélicos originários dessas denominações no Oriente Médio e em todo o mundo, a maior é o Copta do Nilo, com 60% desse número. Doutrinas como ósculo santo (Beijo na Face) , assento separado e uso do véu são comuns.

3 – MENNONITAS OU MENONITAS

Originários do movimento anabatista (Anabatistas é uma palavra grega que significa “batizar outra vez”. O prefixo “ana” quer dizer outra vez, e a raiz “batista” significa mergulhar ou batizar nas águas) na Holanda no século XVI, creem que a adesão à igreja deva ser voluntária e só batizam adultos. Dentre os mais conservadores as mulheres andam com a cabeça coberta e se vestem modestamente. Há hoje 8 milhões de mennonitas no mundo, concentrados nos EUA, Canadá, Rússia, Alemanha, Paragauai, Etiópia.

4 – AMISH

amish

Uma das ramificações mais radicais dos Mennonitas, não usam prédios para culto, se reúnem em casas. Praticam o uso seletivo de tecnologia moderna. Os elterns (anciãos) abrem a Bíblia aleatoriamente para a Palavra. Não usam instrumentos nos cultos, as mulheres sentam separadas dos homens. Praticam o ósculo santo (Beijo na Face) e o uso do véu. Possuem 300.000

5 – CATÓLICOS

semana-santa-granada-24catolico

Antigamente, antes do Concílio Vaticano II, era tradição da Igreja Católica Apostólica Romana o uso do Véu pelas mulheres durante a Santa Missa. Após o Concílio Vaticano II o Código de Direito Canônico, que ditava essa obrigatoriedade, foi alterado silenciando sobre o assunto. Aqui no Ocidente as mulheres deixaram de usar o véu na Santa Missa e muitas pessoas pensam que essa tradição foi abolida e até proibida. O véu na cor branca era usado pelas mulheres solteiras e o véu na cor preta era para as mulheres casadas e viúvas.

Foto esquerda: Semana Santa na Espanha

Paquistão
Católicas Paquistanesas – Um dos países mais perseguidos pelos radicais do Islamismo. A minoria cristã resiste ao terror que forçam milhares de mulheres se converterem anualmente. Ataques às igrejas são constantes.

6 – IGREJAS ORTODOXAS

russo ortodoxo
Russia
Etiópia
Poderia apresentar inúmeras outras denominações, inclusive no Brasil, mas caso tenha interesse sugiro pesquisar!

E para finalizarmos este texto, quanto o uso do véu, nada melhor do que uma resposta que esta na Bíblia mesmo, onde Independentemente da sua opinião sobre o assunto, a Bíblia diz que não é um assunto sobre a qual vale a pena fazer polêmica (1 Coríntios 11:16)

Quando Paulo encerra o assunto ele diz: “Mas, se alguém quiser ser contencioso nós não temos tal costume, nem as igreja de Deus, onde estavam as igrejas de Deus.” Só em Corínto?

“Entretanto, se alguém deseja questionar a esse respeito, tudo o que posso dizer é que nunca ensinamos mais do que isso a esse respeito. E todas as igrejas de Deus pensam da mesma maneira.” (1 Coríntios: 11: 16) Bíblia NVI

Deus Abençoe á Todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

VOCÊ DESEJA LER E ENTENDER A BÍBLIA, PORÉM TEM DIFICULDADES PARA COMPREENDER OS TEXTOS? AGORA VOCÊ JÁ PODE INICIAR SUA LEITURA BÍBLICA DE LINGUAGEM FÁCIL E DE SIMPLES COMPREENSÃO 😉 É DE GRAÇA 😄 PARA INICIAR BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO👇

Gostou de ler nossos artigos? Ajude-nos a divulgar no Facebook, curtindo de compartilhando nossa página oficial: Metamorfose Cristã

As Línguas Desconhecidas (Dom de Deus)

A DECÊNCIA E ORDEM NO CULTO A DEUS

A PROFECIA E O FALAR EM LÍNGUAS DESCONHECIDAS

1 Coríntios:14

Em (1 Co 14), o apóstolo Paulo tem por necessidade instruir a igreja de Corínto sobre a decência e ordem no culto a Deus. E ele fala sobre dois tipos de línguas: Línguas para “edificação da Igreja”, e Línguas para “edificação pessoal”. Edificação significa “Crescimento”.

(Observando este capítulo é notório que o apóstolo Paulo enfatiza que o dom da profecia é muito importante para edificar a igreja, mas não significa que o dom de falar em línguas não seja importante! – Aqui Paulo explica a respeito do dom da profecia em um culto público visando o entendimento daquele que está entrando pela primeira vez na casa do Senhor, pois se a pessoa falar somente em línguas que não são compreensíveis, como aqueles que são visitantes irá entender?)

  • Veja: “Que o amor seja o maior alvo de vocês; contudo, peçam também os dons espirituais, particularmente o dom de profecia. Entretanto, aquele que tem o dom de falar em línguas está falando a Deus, não aos outros, visto que eles não podem compreendê-lo.

Ele está falando pelo poder do espírito, fala em mistérios. Entretanto, aquele que profetiza, anunciando as mensagens de Deus, está ajudando os outros a crescer no Senhor, animando-os e confortando-os. Uma pessoa que fala em línguas está edificando-se a si mesma, porém quem profetiza edifica (ajuda) toda a igreja.

Eu gostaria que todos vocês tivessem o dom de falar em línguas, porém desejaria ainda mais que todos fossem capazes de profetizar, anunciando mensagens de Deus, pois este é um poder maior e mais útil do que falar em línguas desconhecidas; a não ser que alguém interprete as línguas, a fim de que a igreja possa tirar proveito disso”.

(Aqui a orientação de Paulo é para se fazer uso de uma linguagem simples, para ser compreendido por todos, desde o mais graduado “estudado”, até aquele que nunca teve oportunidade de estudo, vemos, por exemplo, que se alguém vir até você falando em uma linguagem da qual você não compreende, como então isto poderá ajudá-lo? Afinal nem você e nem a pessoa ouvinte entendeu o que foi dito! No que isto edificou a pessoa?)

  • “Queridos amigos, ainda que eu mesmo fosse visitá-los falando em línguas, como é que isso os ajudaria?

Entretanto, se eu falar com simplicidade o que Deus me revelou, contando-lhes as coisas de que tenho conhecimento, ou uma profecia, bem como as grandes verdades da palavra de Deus, isso os ajudaria. Mesmo os instrumentos musicais, tais como a flauta ou a harpa, são exemplos de necessidade de tocar sons claros. Pois ninguém reconhecerá a melodia que a flauta está tocando, a não ser que cada nota soe bem claro. E se o corneteiro do exército não tocar as notas certas, como é que os soldados saberão que estão sendo chamados para a batalha? Do mesmo modo, se vocês falarem palavras que não são compreensíveis, como alguém saberá o que vocês querem dizer?

Seria a mesma coisa que falar ao vento. Há muitas línguas (idiomas) diferentes neste mundo, e todas são excelentes para aqueles que as compreendem: para mim, porém, não significam nada. Uma pessoa que me fale numa dessas línguas será um estranho para mim, e eu também serei um estranho para ela. Já que vocês se encontram tão ansiosos para receber dons especiais do Espírito Santo, peçam-lhe aqueles que serão de ajuda real para toda a igreja”.

(Paulo ainda esclarece que quem receber o dom de falar em línguas desconhecidas, deve orar também pelo dom de interpretá-las, para depois poder explicar o que foi falado, se falarmos somente em línguas como aqueles que não compreendem poderão ficar na mesma comunhão que nós? E logo eles também não estarão sendo ajudados)

  • “Se alguém receber o dom de falar em línguas desconhecidas, deverá orar também pelo dom para interpretar essa língua, a fim de que possa depois explicar ao povo o que foi dito na língua desconhecida. Porque, se eu orar numa língua que não compreendo, meu espírito estará orando, mas a minha mente não saberá o que estou dizendo. Bem, então que devo fazer? Farei as duas coisas.

Orarei em línguas desconhecidas e também no idioma comum que todos compreendem. Cantarei em línguas desconhecidas e também no idioma comum. Pois, se vocês louvarem e agradecerem a Deus só em espírito, como podem aqueles que não compreendem vocês estar louvando a Deus junto com vocês? Como eles se unirão a vocês para dar graças, quando não sabem o que vocês estão dizendo? Não há dúvida, que vocês estarão dando graças primorosamente, porém as outras pessoas presentes não estarão sendo ajudadas (edificadas)”.

(Aqui Paulo deixa bem claro a alegria que ele sente de falar em línguas desconhecidas, mas que em um culto público, ele tem o zelo (cuidado) de fazer com que todos compreendam a mensagem de Deus) – “Dou graças a Deus porque falo em línguas mais do que vocês todos. No entanto, no culto público eu prefiro falar cinco palavras que o povo possa compreender e ser auxiliado por elas a falar dez mil palavras falando em línguas num idioma desconhecido.”

(Paulo repreende á todos ali presente a respeito de entenderem bem deste assunto, pois tudo está registrado na Bíblia) – “Queridos irmãos, não sejam infantis na compreensão dessas coisas. Sejam criancinhas inocentes quando se trata de maquinar o mal, porém sejam adultos inteligentes na compreensão de assuntos dessa espécie. Pois está escrito na Lei:

(Nesta parte vemos que através do dom de falar em línguas, Deus fala para outros povos, outras nações e usa daqueles que nunca se quer estudaram determinados idiomas, mas isso também não significa que estas pessoas ouvirá os conselhos divino. O falar em línguas é um sinal para aqueles que não acreditam, já o dom de profecia é para aqueles que creem, e Paulo ainda cita um exemplo, dizendo que se uma pessoa que ainda não sabe muito a respeito das coisas de Deus vai á igreja e vê todo mundo falando em línguas estranhas, o que será que ela vai pensar? {Pronto estão todos loucos!} – Mas se está mesma pessoa for á igreja e ver o evangelho de Cristo sendo anunciado de forma clara, isto o fará compreender de que ele é um pecador. E esta pessoa vai julgar pelo que ouviu e entendeu da palavra que Deus revelou. E enquanto esta pessoa estiver ali ouvindo as revelações de Deus tudo o que estiver em oculto/secreto nos seus pensamentos será falado através da palavra de Deus e então ele vai entender/conhecer quem é Deus, se arrependerá e também vai adorar a Deus)

  • “Por meio de pessoas que falam em outras línguas eu falarei a este povo. Falarei por meio de lábios de estrangeiros, mas mesmo assim o meu povo não me ouvirá”, diz o Senhor. Assim, o falar em línguas não é um sinal para os que creem, mas sim um sinal para os descrentes. A profecia, por sua vez, é para os que creem, não para os descrentes. Assim, se uma pessoa ainda não é salva, ou alguém que não tem esses dons, vai à igreja e ouve todos vocês falando em outras línguas, não dirá que vocês estão loucos?

Mas, se todos vocês profetizarem, anunciando a Palavra de Deus, e entrar um descrente, ou crente novo que não compreende essas coisas, isso o convencerá de que ele é um pecador, e ele será julgado pelo que ouvir. Enquanto ele ouve, seus pensamentos secretos serão postos a descoberto e ele caíra de joelhos e adorará a Deus, exclamando: “Deus realmente está no meio de vocês!”

(Observe que cada um é usado de uma forma especial na presença do Senhor e que tudo é para o crescimento espiritual da igreja, para a ajuda da igreja, Paulo orienta sobre a organização de falar em linguagens durante o culto para que o nome de Deus não fique escandalizado e para que não haja gritarias. É por isso que é comum ouvirmos os líderes\pastores\anciãos sempre exortando/corrigindo os irmãos nesta parte)

  • “Bem, meus irmãos, o que vamos dizer? Quando vocês se reúnem, alguém terá um salmo, outro ensinará, outro transmitirá alguma informação especial que Deus lhe deu (revelação), outro falará numa língua desconhecida, ou explicará o que está falando na língua desconhecida. Tudo deve ser feito para o crescimento espiritual (Para a edificação) da igreja. Se falarem em línguas desconhecidas, não mais do que dois ou três devem falar.

E é preciso que fale um de cada vez, e que alguém esteja preparado para interpretar o que eles estão dizendo. Entretanto, se não estiver presente ninguém que possa interpretar, não devem falar em voz alta na igreja. Poderão falar silenciosamente para si mesmos e para Deus na língua desconhecida.”

(Nesta parte ainda continua a orientação a respeito de organização durante o culto, porém agora em relação às profecias, Paulo adverte que cada um deve respeitar a vez de falar do outro, esperando ter também a sua oportunidade, pois Deus não é um Deus de desordem, mas de Paz)

  • “Dois ou três podem profetizar, um de cada vez, se tiverem esse dom, enquanto todos os outros escutam e julgam cuidadosamente o que foi dito. Contudo, se enquanto alguém está profetizando, outro receber uma mensagem ou uma revelação do Senhor, então cale-se o primeiro e fique em silêncio. Dessa maneira podem falar todos quanto têm o dom de profecia, um depois do outro, e todos aprenderão e serão instruídos e encorajados.

Lembrem-se que uma pessoa que tem o dom profecia para anunciar uma mensagem de Deus tem a capacidade de conter-se ou esperar a sua vez. Pois Deus não é um Deus de desordem, mas de paz.” (1Co 14:1,32).

(Paulo aqui é bem claro em dizer para buscarmos o dom da profecia e passarmos as mensagens de Deus com clareza e para não proibirem o dom de falar em línguas, mas que tudo seja feito durante o culto com DECÊNCIA E ORDEM!)

  • “Portanto, meus irmãos na fé, anseiem por ser profetas, a fim de que possam anunciar com clareza a mensagem de Deus; e não proíbam o falar em línguas. Entretanto, façam questão de que tudo seja feito com decência e ordem.” (1Co 14:39,40)

Deus Abençoe á Todos!

VOCÊ DESEJA LER E ENTENDER A BÍBLIA, PORÉM TEM DIFICULDADES PARA COMPREENDER OS TEXTOS? AGORA VOCÊ JÁ PODE INICIAR SUA LEITURA BÍBLICA DE FORMA FÁCIL E SIMPLES 😉 É DE GRAÇA 😄 PARA INICIAR BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO👇

Imagem

Reflexão: O Mendigo e a Igreja

O pastor Jeremias Steepek (foto) se disfarçou de mendigo e foi a igreja de 10 mil membros onde ia ser apresentado como pastor principal pela manhã. Caminhou ao redor da igreja por 30 minutos enquanto ela se enchia de pessoas para o culto. Somente 3 de cada 7 das 10.000 pessoas diziam “oi” para ele.

Para algumas pessoas, ele pediu moedas para comprar comida. Ninguém na Igreja lhe deu algo. Entrou no templo e tentou sentar-se na parte da frente, mas os diáconos o pediram que ele se sentasse na parte de trás da igreja. Ele cumprimentava as pessoas que o devolviam olhares sujos e de julgamento ao olhá-lo de cima à baixo.

Enquanto estava sentado na parte de trás da igreja, escutou os anúncios do culto e logo em seguida a liderança subiu ao altar e anunciaram que se sentiam emocionados em apresentar o novo pastor da congregação (Instituição religiosa):

“Gostaríamos de apresentar à vocês o Pastor Jeremias Steepek”.

As pessoas olharam ao redor aplaudindo com alegria e ansiedade. Foi quando o homem sem lar, o mendigo que se sentava nos últimos bancos, se colocou em pé e começou a caminhar pelo corredor. Os aplausos pararam. E todos o olhavam. Ele se aproximou do altar e pegou o microfone. Conteve-se por um momento e falou:

“Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que foi preparado para vocês desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’.
“Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’

“O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’.”

 

Depois de haver recitado o texto de Mateus 25:34-40, olhou a congregação e lhes contou tudo que havia experimentado aquela manhã. Muitos começaram a chorar, muitas cabeças se inclinaram pela vergonha.
O pastor disse então:
 
“Hoje vejo uma reunião de pessoas, não a Igreja de Jesus Cristo. O mundo tem pessoas suficientes, mas não suficientes discípulos (O desejo de ser igual ao mestre). Quando vocês se tornarão discípulos?”.
Logo depois, encerrou o culto e despediu-se: “Até semana que vem!”.

E você, o que entende desta passagem?

Deus abençoe á todos!

TEXTOS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR TAMBÉM:

– Se você gostou, ajude a divulgar nossa página Curtindo e compartilhando no Facebook: Metamorfose Cristã

VOCÊ DESEJA LER E ENTENDER A BÍBLIA, PORÉM TEM DIFICULDADES PARA COMPREENDER OS TEXTOS? AGORA VOCÊ JÁ PODE INICIAR SUA LEITURA BÍBLICA DE FORMA FÁCIL E SIMPLES 😉 É DE GRAÇA 😄 PARA INICIAR BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO👇

CLIQUE AQUI E BOA LEITURA 😍